Conselho da Disciplina da FCF manda arquivar o processo contra Ultramarina

  • 15/07/2017 00:00

O Conselho de Disciplina da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) acaba de arquivar o processo instaurado contra o Futebol Clube Ultramarina (FCU) de São Nicolau quanto à não realização do jogo da primeira mão das meias-finais do Nacional de Futebol frente ao Mindelense.

Com esta decisão chega assim ao fim a polémica que sugeriu na sequência da inviabilização da partida entre as duas formações, isto depois de ultrapassada a falta da ligação areia de e para S.Nicolau.

O Conselho de Disciplina tinha instaurado um processo disciplinar contra o FCU, baseando nos relatórios da arbitragem e dos delegados ao jogo, entretanto não realizado, alegadamente por falta de chave para abrir os portões do Estádio Municipal do Tarrafal.

Na última semana, o Futebol Clube Ultramarina entregou a contestação ao processo disciplinar instaurado pela FCF. A agremiação de São Nicolau alega que, segundo o artigo 8º do Regulamento da prova, a responsabilidade da organização dos jogos é única e exclusiva da Federação.

Mas também a equipa em causa dizia que é falso de que foi o guarda-redes da equipa abriu as portas do estádio Orlando Rodrigues. O clube terminava, solicitando o arquivamento do processo disciplinar.

O pedido foi aceite, tendo o Conselho de Disciplina da FCF ilibado assim a Ultramarina de quaisquer responsabilidades pela não realização do encontro. Por isso, considerou o processo improcedente “por não ter sido provada a acusação deduzida contra o Futebol Club Ultramarina, e em consequência, mandou arquivar o processo”, diz o comunicado da FCF.

Recorde-se que, o Futebol Clube Ultramarina foi, no passado dia 02 de Julho, ao Mindelo para derrotar o Mindelense, no seu estádio e perante boa moldura humana, por 2-0. Patchik e Djassa fizeram os golos da equipa de São Nicolau.

Com este resultado, a Ultramarina fica assim apurada para a final do Campeonato Nacional, uma vez que venceu o jogo da segunda mão, sem que a primeira tivesse sido realizada. Nesta partida em São Vicente, a equipa do Mindelense jogou sob protesto. Soube o ASemanaonline que o Mindelense vai pedir anulação do jogo em São Vicente.

No entanto, vai-se decidir na secretaria da Federação Cabo Verdiana de Futebol quem vai jogar com o Sporting da Praia na final do Campeonato Nacional.