Brava: Médica alerta que melhor luta contra qualquer cancro é aposta na prevenção

  • 16/11/2022 04:39

A médica Mercedes Blanco alertou hoje, a um grupo de mulheres, na localidade do Mato, que a melhor forma de luta contra qualquer cancro é a aposta na prevenção.

Mercedes Blanco fez este alerta numa conversa aberta sobre o cancro da mama, realizada nessa localidade, no âmbito do B-Bright Talk, cujo público-alvo foi um grupo de mulheres do círculo de cultura do Mato e da Braga, dentro da coordenação Educação Básica de Jovens e Adultos (EJA) da delegação escolar da Brava.

Segundo a médica, é preciso que as mulheres se conscientizem de que “a prevenção não custa nada, mas o tratamento é muito custoso”, realçando que a chave de tudo é a “prevenção”.

Quanto às formas de prevenção, a palestrante apontou os hábitos saudáveis, como evitar o álcool e o tabaco, a prática de exercícios físicos, ter uma boa alimentação, entre outros, reforçando que há outros factores que devem ser levados em conta, como factores genéticos.

Mas, também aconselhou as mulheres a fazerem o auto-exame e a procurarem os serviços de saúde, sublinhando que, na Brava, a taxa de procura por parte das mulheres para exames de rotina e de prevenção do cancro da mama ou do útero é praticamente nula e, quando há casos, já se encontram num estado muito avançado da doença o que traz várias outras complicações.

Do grupo de mulheres, Arminda Veiga garantiu que o seu estilo de vida vai mudar a partir de hoje, principalmente nos cuidados e no auto-exame, pois “esta conversa foi muito esclarecedora”, considerando-a uma oportunidade para todas as mulheres se informarem e esclarecerem as suas dúvidas sobre o cancro.

Igualmente, Lucília Ribeiro felicitou a organização e a explanação feita neste encontro, destacando que com estes encontros têm aprendido muita coisa e esta palestra, em específico, veio alertá-las sobre a necessidade de se cuidarem e de não ignorarem alguns sintomas.

“Muitas vezes no dia-a-dia não tomamos iniciativa em relação a vários sinais que o nosso corpo nos dá e nem procuramos os serviços médicos”, disse a mesma fonte, reconhecendo que o hábito é procurar apoio quando já se encontram num estado avançado, o que deve ser evitado com um acompanhamento regular.

Por seu turno, Gerson Delgado, coordenador da Geração B-Bright na Brava, explicou que esta actividade era para ser realizada no mês de Outubro em comemoração do Outubro Rosa, mas devido a problemas logísticos não foi possível.

Daí, só agora a mesma foi realizada com o intuito de conscientizar as mulheres sobre a importância da prevenção do cancro da mama e não só.

Quanto à programação da B-Bright na ilha anunciou que no próximo dia 18, estarão a organizar uma actividade com a comissão de finalistas da Escola Secundária da Brava e as dos liceus da ilha de Santo Antão de forma a criar uma conexão entre elas, permitindo-lhes partilhar as suas boas práticas e neste encontro, tendo em conta a semana do empreendedorismo, haverá um convidado para falar com eles nesta área com foco na organização das actividades de finalista.

Gerson Delgado avançou que, na ilha Brava, a Geração B-Bright iniciou os trabalhos no mês de Janeiro de 2022, e que estão abertos para receber mais pessoas, mais jovens que querem engajar e levar adiante o projecto.