Covid-19/Brava: Delegacia de Saúde já realizou mais de 200 testes de despiste da covid-19 com resultados negativos

  • 02/10/2020 05:18

A Delegacia de Saúde da Brava já realizou testes de despiste da covid-19 a mais de 200 pessoas, que acusaram negativos, além dos de controlo realizado no cais da Furna, à chegada de passageiros à ilha.

Estes testes, conforme informações avançadas pela médica Paloma Fernandes, responsável pela equipa no terreno, são para fazer um rastreio na ilha, de forma a ter uma “noção” do estado das pessoas nesta pandemia, tendo em conta a entrada e saída de pessoas.

Segundo a mesma fonte, já tinham realizado cerca de 60 testes na localidade de Furna, mais outros 63 em Nossa Senhora do Monte e hoje realizaram 105 testes em Nova Sintra, sendo que todos acusaram negativos.

Com o iniciar das aulas, a médica avançou que se levanta um pouco mais o medo, mas diz acreditar que já foram passadas todas as orientações, tanto aos pais e encarregados da educação, como para os alunos, no sentido de se prevenirem.

“É claro que com tanto tempo longe, a vontade é de se abraçar, ficar bem próximo um do outro, mas apelamos aos pais que é necessário conversar com os filhos, explicando-lhes que é preciso usarem máscaras, evitar aglomeração de forma a não agravar a situação, caso surja algum caso”, evidenciou Paloma Fernandes.

À chegada das embarcações, a médica avançou que há um grupo que faz o controlo dos passageiros no cais da Furna, fazendo uma triagem detalhada de cada passageiro, como forma de tentar “controlar” a situação e diminuir a possibilidade da entrada do vírus na Brava.

Mesmo sem testes positivos, a médica voltou a apelar a todos que façam a sua parte, porque apesar de estarem a ver os resultados negativos, “não quer dizer que ainda o vírus não chegou ou que não venha a chegar à ilha”.

A responsável reforçou que é “crucial” que cada bravense continue a seguir os requisitos deixados pelas autoridades sanitárias, que evitem “principalmente” aglomerações, festas, entre outros comportamentos, pelo menos enquanto o país e o mundo encontram-se nesta luta.

De acordo com os últimos dados actualizados hoje, o país contabiliza 725 casos activos, 5338 casos recuperados, 61 óbitos e 2 transferidos, perfazendo um total de 6126 casos positivos acumulados.

MC/JMV

Inforpress/Fim