Brava: Águabrava está a trabalhar para normalizar a situação da distribuição da água – responsável

  • 25/05/2019 22:22

O responsável da empresa intermunicipal Águabrava, Jandir Fernandes, garantiu que a empresa está a trabalhar para resolver a situação da distribuição da água, principalmente nas localidades mais altas.

Ultimamente, a população das zonas de Cachaço, Pau, Baleia, Garça, tem estado a reclamar da falta de água, sendo que nalgumas destas localidades estão com duas ou mais semanas sem “um pingo” de água nas torneiras.

De acordo com o responsável, nesta época, as zonas acima mencionadas sofrem muito com o problema de acesso a água potável, tendo em conta, segundo explicou, para fazer a distribuição para estas zonas, a localidade de Nossa Senhora do Monte aproveita para se abastecer e quando a água chega nas zonas mais altas, já chega em pouca quantidade, que não dá para abastecer “todo o mundo”.

Sendo assim, a empresa decidiu introduzir válvulas de seccionamento (torneiras) ao longo da rede, para que quando a água for destinada para uma localidade, que vá até ao fim sem entraves.

Mesmo com esta solução, Jandir Fernandes adiantou à Inforpress que nos meses de Junho e Julho há sempre mais dificuldades na distribuição da água, devido ao aumento do número de pessoas na ilha, tendo em conta as festas juninas e as visitas dos emigrantes.

Por isso, como forma de prevenção e de tentar manter todas as localidades abastecidas, já solicitou um camião cisterna, que deverá chegar em breve na ilha.

Em relação à quantidade de água produzida pela nascente mãe, na localidade de Encontro, o responsável salientou que vem diminuindo dia após dia e que neste momento a capacidade de produção é de aproximadamente 300 m3 por dia.

A esperança da população e mesmo da empresa é da instalação dos equipamentos do processo de dessalinização, que está prevista para a localidade de Furna, diminuindo assim o peso do fornecimento a partir da nascente mãe, tendo em conta que a localidade de Furna é uma zona piscatória, muito quente e com elevado consumo de água.