Brava: Câmara Municipal anuncia uma série de obras e realizações importantes para 2018

  • 29/11/2017 10:38

A autarquia da Brava perspectiva que 2018 seja um ano de muitas obras e de realizações importantes, há muito reivindicadas pela população, que serão concretizadas no quadro de programas já assinados no quadro do Fundo do Turismo e Fundo do Ambiente.

Em entrevista a Inforpress, o autarca Francisco Walter Tavares anunciou que com o Fundo do Turismo tem um contrato-programa já assinado no valor de 46 mil e 381 contos para os próximos quatro anos, mas para 2018 irá dar prioridade à construção da rua pedonal da Furna e o arruamento na localidade de Lomba Tantum, afora a implementação de outras obras.

Igualmente, está projectado a construção de mais três miradouros, sendo uma em Fontaínhas, o ponto mais alto da ilha, uma segunda em Monte Miranda em Cachaço e uma terceira em Lomba, com vista para Ferreiros e Porto de Tantum.

A construção de miradouro é considerada uma prática tradicional na ilha da Brava que vem desde a época colonial, dada a sua orografia marcada por caminhos vicinais e que atrai turistas de natureza, tendo a autarquia prosseguido este procedimento com a inauguração de quatro miradouros em 2016.

Com o Fundo do Ambiente, explica o auitarca, o contrato-programa também já está subscrevido no valor de aproximadamente 33 mil contos, estando na linha da frente das acções camarárias, a construção de pocilgas municipais, nas localidades da Furna, da Lomba Tantum e da cidade de Nova Sintra.

Desta verba, está ainda agendada a aquisição de um camião compactador de lixo e de alguns contentores considerados essenciais para os serviços de saneamento, de modo que a ilha da Brava possa continuar a “ostentar o título da ilha mais limpa de Cabo Verde”, enfatizou.

Walter Tavares disse ainda, que no quadro deste programa contínuo, a autarquia vai apresentar projectos de arruamentos para Cova Rodela, Cachaço e Campo Baixo, ainda para o ano vindouro, bem como os trabalhos de manutenção das estradas e caminho vicinais, que têm estado a garantir emprego aos munícipes.

Com o Ministério da Infraestrutura, a Câmara Municipal da Brava vai executar obras no quadro do projecto de reabilitação requalificação dos Centros Históricos da Cidade, contemplando o centro histórico de Nova Sintra com 100 mil contos, com o qual se pretende melhorar o piso de algumas ruas desta cidade.

A este propósito, o autarca explicou que as ruas da Cultura e de Almirante Reis vão ser alvo de uma intervenção, assim como a Rua Direita, devendo ser transformada em rua pedonal a actual rua do Centro Comercial, designado oficialmente por Rua Padre Pio.

SR/FP

Inforpress/Fim