Brava: Conselho de justiça da FCF julgou improcedente o recurso do Sporting contra a inscrição do jogador Gersom do Morabeza

  • 04/04/2018 13:01

Cidade de Nova Sintra, 04 Apr (Bravanews) - O Conselho de Justiça da Federação Cabo-verdiana de Futebol julgou improcedente o recurso interposto pela equipa do Sporting em relação a utilização indevida do jogador Gersom do Morabeza.

Em nota dirigida a Bravanews a direcção do Morabeza deu conta que o CJFCF julgou improcedente  o recurso interposto pelo Sporting, deitando por terra a possibilidade do Morabeza perder o título “conquistado no campo” a favor do Sporting.

“De acordo com o parecer do CJFCF o protesto não tem fundamento de facto, visto que de acordo com o Regulamento Geral, o jogador Adilson Araujo, apresenta todas as condições de licenciamento de um atleta de futebol”, escreveu a Direcção do Sporting em nota de imprensa.

Na sua página no facebook, o Morabeza mostrou tamanha alegria, alegando que não se esperava outra decisão, senão aquela proferida pelo Conselho de Justiça da FCF.

“Mas uma vez somos Campeões, fizemos por merecer e quando o trabalho é árduo, até os deuses conspiram a favor. De acordo com a Decisão do CJFCF "Gersom" ou "Gelsom" era única dúvida ou melhor última esperança restante, no entanto ficou comprovado que o nosso Jogador Adilsom Araújo é jogador do Morabeza da Brava”, alega a equipa.

No Domingo, 08 de Abril,  inicio da prova nacional, “tudo Faremos para dignificar esta ilha, contamos com o apoio de todos pois neste momento trata-se da Brava”.

 

 

MS