Brava: É possível ter uma juventude forte, feliz e realizada, sem utilizar o álcool – professor de música

  • 07/03/2019 05:57

Paulo Cardoso, professor de música de Nossa Senhora do Monte, na Brava, considerou que é possível ter uma juventude “forte, feliz, realizada, fazendo muitas coisas boas, sem enveredar pelo caminho do álcool”.

Este fez estas considerações à Inforpress, após a apresentação de um concerto dos seus alunos e de uma pequena acção de sensibilização sobre o álcool e as suas consequências.

Segundo o professor e fundador desta escola, também pastor da Igreja Nazarena, esta actividade foi pensada e programada de acordo com a época em que estamos vivendo, o Entrudo.

“Infelizmente, sabemos que o Carnaval traz muitas influências, que levam ao uso abusivo do álcool e que trazem várias consequências para a juventude, e que os levam a enveredar para outros males”, salientou o pastor.

Acreditando que o alcoolismo é um dos graves problemas da camada jovem, o professor explicou que, este concerto e a acção da sensibilização, serviram essencialmente para mostrar aos jovens, que eles podem sim divertir, viver a folia do Carnaval, mas deixando de lado o álcool e mostrar-lhes também que envolver na música, é uma forma de viver e expressar os sentimentos e pensamentos sem se apoiar das práticas errada.

Esta escola está funcionando com 35 alunos e através deste concerto, a ideia do dirigente é cativar a atenção de outros jovens que não estão ingressados na mesma, para ver se estes interessam e passam a frequentá-la também.

“Enveredando pelo caminho da música, podem desligar do mundo da promiscuidade e quem sabe mais tarde, quem sabe pode ser um ramo profissional para muitos que não viam saídas”, concluiu.