Brava: Moradores de Mato e arredores contemplados com um polivalente para prática do desporto e actividades diversas

  • 02/12/2019 04:55

Câmara Municipal da Brava inaugurou esta sexta-feira as  obras de reabilitação de um polivalente desportivo na localidade de Mato, devendo a infraestrutura servir, doravante, não só a zona, mas a todos os interessados nos arredores.

Segundo o edil, Francisco Tavares, esta é uma obra que demonstra que “quando se quer é possível realizar”.

Entretanto, o autarca realçou que esta inauguração marca a diferença devido a uma parceria com a Associação dos Amigos de Santana de Mato, que fez com que o custo da obra fosse reduzido, em cerca de um sexto de todo o investimento, que ronda os seis mil contos.

Referiu ainda, que o objectivo da sua equipa é “fazer mais e melhor” para a juventude bravense, não se importando se é de Cachaço, Mato, Vila, Furna ou onde quer que seja, porquanto, a “obrigação” é fazer para os bravenses, lá onde estiverem.

Tavares aproveitou a ocasião para anunciar que a inauguração das obras de reabilitação do polivalente de Nossa Senhora do Monte está prevista para o início do próximo ano, mas realçou que o da Furna pode ser ainda antes do Natal.

“Fazemos estes investimentos porque a juventude da ilha merece ter espaços condignos igual aos que vejam nas outras ilhas”, disse o edil, pedindo a juventude e a população que faça a sua parte, nomeadamente preservação, que promovam a organização de actividades desportivas, para disfrutarem convenientemente o espaço.

O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca que esteve presente no acto da inauguração considerou este polivalente “tão bom quanto” os outros de outras ilhas e aproveitou para pedir aos jovens que tirem o “máximo proveito” do espaço, mas com o sentido de “preservação do património”.

Segundo o chefe de Estado, muitas vezes em Cabo Verde faz-se coisas boas, mas as pessoas não cuidam delas, o que acaba por levá-las a degradação.

Mas, prosseguiu, por ser um país com pouco recursos, deve-se ter um “carinho” com o património.

Como Presidente da República, acentuou que é sempre um prazer inaugurar uma grande obra, como um aeroporto internacional, uma grande escola secundária, um estádio de futebol, um porto, mas sublinhou que lhe dá satisfação ainda maior, inaugurar obras em ilhas que necessitam mais, como na Brava, São Nicolau ou no Maio.

Nesta óptica, adiantou que “é sinal de que o progresso. Pode atrasar, mas chega em todas as ilhas do país”.

Por seu turno, a Associação dos Amigos de Santana de Mato, em nome da população local agradeceu a autarquia pela iniciativa, comprometendo-se a preservar o espaço, pois, “não é todos os dias que se tem a oportunidade de ter uma obra desta”, enfatizou.

“É uma obra grande, teve os seus custos e aqui, publicamente, peço a todos os utilizadores que cuidem do espaço com carinho, principalmente para nós os jovens em que este espaço além de nos favorecer na prática de exercícios físicos, vai livrar-nos de diversos males sociais”, elucidou o Kimany Gonçalves, porta-voz da associação.

Além do polivalente foi inaugurado também uma pequena praça no exterior.

Para comemorar a inauguração, foram realizados torneios de futsal, exercícios físicos com o grupo Mexi Mexe e apresentação de uma peça teatral do grupo “Os trapalhões”.

MC/FP

Inforpress/Fim