Brava: Músico Ney Miranda com 14 ideias para um trabalho discográfico com talentos bravenses

  • 03/09/2019 15:54

O músico e produtor Ney Miranda afirmou hoje que veio a Cabo Verde gravar “ideias” com jovens talentos da Brava, explicando que intenção é fazer o lançamento de um trabalho discográfico para apoiar os talentos da ilha.

Em entrevista à Inforpress, o músico residente nos EUA adiantou que já fez a gravação de 14 músicas, a que prefere chamar de “ideias”, e que quando regressar aos Estados Unidos da América vai trabalhar neste produto para mais tarde colocar no mercado um trabalho que vai denominar de VOLUME I, com a participação exclusiva de jovens talentos bravenses.

Segundo Ney Miranda, esta missão à ilha consiste na “concretização” de um sonho que teve há muito tempo atrás.

“Sou da Brava e sei que os jovens talentos aqui não possuem apoios e nem muita saída. Por ser um músico e produtor, penso que a minha contribuição é apoiar estes jovens e, quem sabe, mais tarde, possa aparecer outra pessoa com vontade de apoiar um outro grupo de talentos”, enfatizou o músico.

O músico disse estar satisfeito, uma vez que numa semana conseguiu concretizar 14 ideias que, posteriormente, serão melhoradas no seu estúdio, e assim prosseguir com o lançamento do trabalho discográfico que contará com a participação de mais oito jovens, com letras que falam da Brava.

Este volume, segundo o produtor e músico, vai ser um trabalho tradicional, considerando que a ilha possui muitos talentos e, por isso, promete regressar mais tarde para trabalhar no Volume II

Segundo o mesmo, enfrentaram algumas dificuldades no processo, principalmente na aquisição de materiais para gravação, mas com alguns que trouxe dos EUA lá conseguiu atingir o objectivo e levar um trabalho bruto para ser “lapidado e colocado no mercado”.

Questionado sobre a avaliação dos talentos que descobriu, adiantou que vai “muito satisfeito”, acrescentando que ainda estão vários por serem descobertos.

E pelo trabalho que fez, está convicto de que quando for lançado no mercado outras pessoas aparecerão, interessadas em explorar outros novos talentos existentes na ilha.

Para os jovens, Ney Miranda aconselha-os a fazerem sempre o melhor que puderem, acreditando que a “oportunidade aparece sempre”.

Aliás, acrescentou que “o importante é fazer sempre com fé e da melhor forma possível”.

MC/JMV
Inforpress/fim