Brava: Pais e encarregados da Educação de Faja D’Agua e Delegação do ME em pé de guerra

  • 26/09/2018 13:30

Cidade de Nova Sintra, 26 Set (Bravanews) - Pais e encarregados de educação da localidade de Fajã D'Água e a Delegação do Ministério da Educação estão em pé de guerra, tudo por causa de transferência de alunos daquela escola para a de Cova Rodela.

 A medida de transferir os alunos, em número de 6, desta localidade para Cova Rodela foi decidida no início do ano lectivo, motivado pelo decrescimento constante da população estudantil, não justificando gastos com colocação de um professor e manutenção do edifício.

 Ainda a Delegação da Educação defende de que em termos de socialização, e do ambiente escolar, para os alunos é um pouco dramático e ficam prejudicados em relação aos alunos das escolas com maior número.

 Já os pais e encarregados de educação dos 6 alunos não arredam pé e afirmam de que enquanto não houver a decisão de abrir a escola de Faja D’Agua para os seus alunos, estes irão permanecer em casa.

 Em declaraçao à inforpress o Delegado Substituto tinha dito de que antes de tomar esta decisão, a delegação iria realizar uma “conversa aberta” com os pais e encarregados de educação, incluindo os respectivos alunos, de forma a explicá-los os motivos desta mudança.

 Uma semana e meia depois do início das ilhas, os alunos permanecem em casa, assistindo ao braço de ferro entre seus pais e sua escola, esperando um solução a contento.