Brava: Passageiros retidos no Fogo acusam CV Interilhas de “negligência”

  • 22/10/2019 15:32

Um grupo de passageiros da ilha Brava que já se encontra há alguns dias a aguardar a viagem de regresso acusam a companhia CV Interilhas de “negligência” e de mantê-los na ilha “sem informações concretas”.

Segundo Austelino Tavares, porta-voz do grupo, em declarações à Inforpress, há passageiros que estão a aguardar informações do barco para a ilha Brava desde sábado. Tavares chegou à ilha do Fogo no domingo, com a previsão que poderia seguir viagem à ilha Brava no mesmo dia.

Entretanto, conforme a mesma fonte, enviaram uma mensagem anunciando que a viagem prevista para domingo foi adiada para terça-feira, mas quando foi confirmar na agência foi-lhe informado que o navio já tinha ido a ilha Brava.

Daí, Austelino Tavares acusar a CV Interilhas de “negligência e de falhas de comunicação”.

Não obstante, salientou que lhes foi apresentado uma escala em que o navio faria uma viagem Praia-Brava direto, hoje, mas não passaria pela ilha do Fogo para levar os passageiros que estão aí retidos.

Austelino Tavares lamenta a “falta de informação e consideração” por parte da CV Interilhas, ato que prejudica os passageiros a nível profissional e mesmo na questão da hospedagem, pois muitos se encontram em pensões e hotéis, com os custos daí advenientes.

Além disso, a mesma fonte acrescentou que na ilha não há ninguém nas agências que pertence à companhia que possa escutar e resolver os problemas dos passageiros da Brava.