Brava: Vereadora da Cultura exorta a participação massiva dos bravenses na “Serenata Cabo Verde”

  • 18/10/2019 04:39

A vereadora da Cultura, na Brava, Edna Andrade, pediu hoje a todos os bravenses que participem na “Serenata Cabo Verde”, que se realiza no próximo dia 18, a nível nacional, com o mesmo repertório.

Esta serenata, conforme explicou a responsável, está a ser organizada para comemorar o Dia Nacional da Cultura e das Comunidades, celebrado sob o lema “Eu_génio: do legado à ficção”.

Edna Andrade pede o engajamento de todos os músicos da ilha e de toda a população, pois, conforme adiantou, é este um património da ilha e do país, e não podem deixá-lo morrer.

Até porque, acrescentou, a morna é candidata a Património Imaterial da Humanidade e “todos devem zelar para dar o seu contributo e elevá-la a cada dia mais”.

Neste apelo, a mesma fonte acrescentou que a cultura só continua e permanece viva, a partir do momento que cada um se consciencializar que é um agente importante que “deve zelar e lutar para trazer, manter e dinamizar a cultura”.

Aos bravenses, em particular, disse que devem sentir-se orgulhosos, por pertencerem a ilha do “maior expoente da cultura cabo-verdiana”.

E, para “comemorar os 152 anos do nascimento do Patrono Eugénio Tavares” e o dia Nacional da Cultura, que se celebra a 18 de Outubro, a autarquia já tem vindo a realizar um leque de actividades desde o passado sábado, 12.

Para o dia 18, antecedendo a Serenta, haverá uma apresentação da Escola de Música da ilha, exposição de artesanato, gastronomia, renda e bordados, reciclagem, plantas, livros, peças antigas, entre outros, seguido da serenata e para encerrar o dia e a semana, está programada uma “festa do fim do ano fora de época”.

MC/CP

Inforpress/Fim