Bravenses no mundo: Maria Pereira, uma bravense em Pawtucket desde 1977

  • 04/11/2017 11:08

 

Cidade de Pawtucket, 04 Nov (Bravanews) - Maria Pereira, natural da ilha Brava chega aos Estados Unidos da América com 7 anos de idade corria um ano de 1977.

Uma das primeiras ações para sua integração, foi escolher e entrar numa escola básica, para aprender a língua inglesa e prosseguir os seus estudos, entendendo de que esta deveria ser o caminho do sucesso.

Como todo o emigrante, teve alguns problemas de integração, e um das coisas que lembra foi do facto de ser alvo de discriminação, por causa da língua, “mas aprendendo a língua foi tudo mais fácil”.

Uma doença ainda na tenra idade (17 anos) fez com que não prosseguisse os estudos universitários. A doença (hipertensão arterial) que quase lhe tirou a vida, não tirou a vontade de lutar, ajudando os seus pais na manutenção da casa, ciente da sua responsabilidade e do seu compromisso de ter sucesso nas terras do Tio Sam.

Já na idade adulta e completado um curso técnico de contabilidade, “trabalhei para um banco” e hoje trabalha para um empresa financeira que faz seguros de vida e investimento, mas “o meu maior prazer é apoiar as pessoas.

Pereira que gosta sempre de ajudar, defende um serviço de apoio a integração dos emigrantes, “um serviço que apoia o processo de acolhimento e integração de emigrantes e suas famílias, dando especial atenção às situações mais graves de vulnerabilidade e exclusão social, aprendizagem da língua e compreensão da cultura do país de acolhimento”.

Nascido em Mato Grande, Vive em Pawtucket, desde 1977 e veio criança para os EUA.