Ilha do Fogo: Director nacional da PN satisfeito com resultados obtidos pelo Comando regional Fogo/Brava

  • 19/09/2018 13:38

O director nacional da Polícia Nacional (PN), o Superintendente-Geral Emanuel Estaline Moreno, disse esta segunda-feira, ao iniciar uma visita de quatro dias às estruturas da PN na região Fogo/Brava, estar satisfeito com os resultados obtidos pelo Comando Regional.

Depois de visitar as instalações do Comando Regional Fogo/Brava e de ter reunido com os efectivos, Emanuel Estaline Moreno mostrou-se satisfeito com os resultados conseguidos neste Comando responsável pelas duas ilhas, não só pelos resultados estatísticos, mas também pelo desempenho do pessoal, no seu todo, para a segurança e pelas próprias melhorias a nível da unidade.

“No ano passado, havia um conjunto de desafios a melhorar e conseguimos graças ao empenho dos efectivos e do pessoal de chefia no seu todo”, disse o responsável, indicando que a nível da Direcção Nacional o compromisso assumido era o de reforçar a região com mais efectivos.

Neste particular, Emanuel Moreno disse que “não foi o número desejado” que gostariam de disponibilizar à região, mas que a PN conseguiu ” repor o número de efectivos necessários para melhorar o desempenho do pessoal a nível de todas as unidades”.

Segundo o mesmo, a nível operacional, conseguiu-se os meios de mobilidade e melhorar as unidades em termos de infra-estruturas, melhorando as condições de trabalhado, faltando neste momento a ilha Brava que, segundo sublinhou, a PN está empenhada a dar os passos necessários para conseguir ter uma unidade policial nova, para o próximo ano, sendo que para este ano a responsabilidade é conseguir melhores condições para os efectivos.

Emanuel Moreno mostrou-se satisfeito com o trabalho a nível de prevenção e o empenhamento nas respostas às demandas da população, quer através dos dados recebidos como pelas informações disponibilizadas pelo comandante regional, notando que “é preciso ainda muito mais e que há capacidade para fazer muito mais”.

Quanto à construção de novas instalações do Comando, Emanuel Moreno disse que os compromissos dependem das “prioridades das prioridades” e neste momento não está descartada a possibilidade de ter um edifício do Comando, mas é para os próximos anos.

O director nacional da PN agendou uma visita à localidade turística de Chã das Caldeiras, onde analisará a situação local.

De acordo com o responsável policial, a PN tem toda a disponibilidade de manter o policiamento de proximidade, ter um espaço para fazer o atendimento e que dará toda a atenção necessária e se for preciso vai-se equipar o espaço, com apoio de parceiros para prestar um melhor serviço à comunidade.

Emanuel Moreno, que se faz acompanhar do director nacional adjunto para a área Administrativa e de alguns responsáveis dos serviços centrais da PN, desloca-se esta noite à Ilha Brava e no regresso dará continuidade a visita às estruturas da PN na ilha do Fogo.

Na ilha Brava, o director nacional da PN, além de visitar a esquadra local, vai também efectuar uma visita de reconhecimento ao espaço a ser arrendado para o funcionamento provisório da esquadra policial da Brava, mas também ao destacamento da Guarda-fiscal e da Policia Marítima no porto de Furna, e algumas localidades da ilha.