Jardins infantis e escolas da ilha Brava festejam dia de “Todos os Santos”

  • 03/11/2018 08:00

Os jardins infantis e as escolas do ensino básico da ilha Brava fizeram uma “merenda” para festejar o dia de “Todos os Santos”, 01 de Novembro, como forma de “manter viva” a tradição.

Uma monitora do jardim de infância “Nhô Djeca”, Adelisa Varela, conhecida por Lilicha, explicou à Inforpress que esta tradição vem de há vários anos.

Por isso, é algo que encontraram dos antepassados e, todos os anos, proporcionam às crianças um dia diferente, de forma a “manter viva a tradição e a cultura bravense cada dia mais rica”.

Segundo Lilixa, a “merenda” sempre é feita com os produtos da “azágua”, mas, como de alguns tempos para cá o tempo tem “mudado”, independentemente se tiver chovido, os jardins e as escolas dão sempre um jeito de comemorar o dia.

Os pratos confeccionados neste dia, conforme a monitora, são a cachupa, milho verde, xerém na capa, xerém, feijão, batata, abóbora, pepino, ou seja, tudo o que é produzido através da chuva e mesmo quando o ano agrícola não é favorável, festejam o dia utilizando o milho seco.

De acordo com a monitora, nas vésperas, altura dos preparativos, aproveitam para explicar às crianças todo o percurso e o objectivo deste dia.

A vereadora da área da Cultura, Edna Andrade, explicou que a data é marcante para a população bravense e sempre foi comemorada por todos, independentemente do local, que é à escolha de cada um.

Conforme a mesma, é como se fosse um dia de agradecimento à “azágua” e assim como em todas as ilhas, é celebrada a missa para os católicos.

 

Inforpress/Fim