Jet Stream-32 para evacuações já está em Cabo Verde

  • 03/09/2018 12:00

Já está desde semana na Cidade da Praia a aeronave da empresa portuguesa Sevenair, que vai prestar apoios nas evacuações inter-ilhas nos próximos quatro meses. 

O avião Jetstream 32 da companhia portuguesa Sevenair, que até Maio passado foi utilizado nas ligações entre as ilhas do Porto Santo e da Madeira, uma rota sujeita a Obrigações de Serviço Público, subsidiada pelo Estado Português, já está desde ontem em Cabo Verde, onde deverá ficar por alguns meses.

Note-se que o contrato celebrado entre governo cabo-verdiano e a referida empresa aeronáutica portuguesa deverá ter uma duração de seis meses num primeiro período e visa o transportes de doentes inter-ilhas, mas também qualquer outro serviço governamental.

A aeronave, registo português CS-DVQ, aterrou no Aeroporto Internacional Nelson Mandela, na Cidade da Praia, ilha de Santiago, pelas 17h30 da tarde desta segunda-feira, dia 27 de agosto, depois de uma viagem com partida do Aeródromo Municipal de Cascais, em Tires, nos arredores de Lisboa, e uma escala técnica para reabastecimento na ilha de Grã Canária.

O Governo anunciou que tinha sido assinado um contrato com a companhia aérea portuguesa Sevenair para aluguer do bimotor Jetstream para serviços de evacuação médica entre as ilhas do arquipélago-estado africano, preenchendo assim um espaço que tinha ficado a descoberto, depois da retirada da TACV dos voos inter-ilhas, onde foi substituída pela Binter Cabo Verde.

O anúncio foi feito no dia 4 de julho, pelo ministro da Defesa, Luís Filipe Tavares, em declarações aos jornalistas, após a assinatura do memorando de entendimento para a evacuação médica de doentes entre o Ministério da Defesa (representado pelas Forças Armadas de Cabo Verde), o Instituto Nacional de Previdência Social (INPS) e as seguradoras ‘Garantia’ e ‘Impar’.

O contrato, em princípio, terá uma duração de seis meses e o serviço poderá continuar a ser assegurado com meios fornecidos pela Sevenair, já que está em negociação a aquisição por parte do Governo de dois aviões CASA C-212 Aviocar, que já pertenceram à Força Aérea Portuguesa, desativados desde há alguns anos, e que foram adquiridos pela Sevenair, em cujas oficinas, em Tires, estão a ser remodelados e preparados paras as suas novas missões.

Esta parceria da companhia portuguesa com o Governo poderá revelar-se ainda mais profunda num futuro próximo, já que a empresa lusitana tem equipamento adequado para fornecer serviços de transporte aéreo regular entre as ilhas mais pequenas do arquipélago, as quais não estão a ser servidas pela Binter Cabo Verde, dado a companhia de matriz espanhola estar a voar apenas com aviões ATR72-600, com capacidade para 62 passageiros.

Fonte: NewsAvia

Foto: Paulo Brito