José Burgo, bravense, radicado nos EUA há mais de 31 anos, entra em situação de reformado

  • 09/06/2018 06:09

Cidade de New Bedford, 09 Jun (Bravanews) - José Burgo, conhecido por Djita de Mato, entra em situação de reformado, aposentando, depois de 31 anos trabalhando  na emigração, EUA.

Sapateiro conhecido na Brava, José Burgo decidiu pela emigração, sina de qualquer bravense, corria o ano de 1987. Depois de 31 anos labutando na emigração, agora será a  hora do descanso do guerreiro.

Filantropo, homens de muitas competências e capacidades, amigos dos seus amigos, responsável durante muitos anos por ajudar a educação na ilha Brava, líder de vários grupos e associações nas terras do Tio Sam, José Burgo, como todo o bravense, descansa das lides da emigração, para retornar a sua “Djabraba”.

Chegou o momento em que conciliam alegrias e tristezas. Alegria porque Djita foi e será sempre uma amigo de todos e  porque vai se aposentar e ter o merecido descanso, uma nova etapa que trará de certo bênçãos, a este valoroso bravense.

Tristeza pelo grande vazio, a profunda saudade que deixara no seio dos emigrantes, na Nova Inglaterra, particularmente na Cidade de Pawtucket, Rhode Island. Afinal, foram sempre especiais os momentos que passou juntos dos seus, em um ambiente fraterno, para o qual ele sempre contribuiu.

José Burgo marcou profundamente cada pessoa que com ele cruzou, pela forma como sempre conseguiu aliar suas competências profissionais, com suas qualidades humanas, seu amor pela Ilha Brava e sua compaixão pelos mais necessitados. Sua prontidão em ajudar, suas palavras amigas de força e incentivo ficarão guardadas eternamente no coração de cada um.

Djita será sempre um exemplo que permanecerá vivo na sua família, seus filhos, na comunidade de bravenses e não só, exemplo que todos querem seguir e imitar, pois foi sempre uma pessoa com postura competente e atitudes generosas.

Quando se chega o dia da esperada reforma, sentimentos opostos se confundem no íntimo de cada um. A princípio, uma alegria enorme por se ter, enfim, recebido oficialmente a declaração de que já cumprimos, totalmente, o compromisso assumido nos melhores anos da juventude. Logo em seguida, vem a tristeza de nos privarmos tanto da da convivência diária com amigos conquistados e colegas de trabalho, quanto do exercício da actividade profissional dignificante que, por décadas, garantiu o nosso sustento e ocupou a maior do nosso tempo.

Nessa hora, em flashbacks, passa o filme de uma vida inteira de dedicação, renúncia, momentos bons, outros ruins, situações nas quais chegamos até a pôr em risco a nossa integridade física ou a própria vida para darmos o melhor de nós e atingirmos a excelência na proposta de trabalho que nos foi confiada.

José Burgo marcou e marca a sua geração e tem sido exemplo de honestidade, dignidade e humanismo. Lamentamos sua ausência física da pessoa que se afasta, para gozar sua reforma, merecida reforma, na sua “Djabraba”, mas nunca se reformara dos amigos, pois a pessoa que reforma apenas se desvincula de um contrato profissional.

A José Burgo, Djita, Bravanews deseja felicidades neste novo caminho, e que leve consigo sempre a certeza de que os amigos duram para sempre, e estas guardado no lado esquerdo de cada bravense em toda a parte deste nosso mundo.

A todas as crianças que ajudaste na aquisição de materiais escolares, na sua formação profissional e pessoal, um obrigado não chega, pedimos apenas a Deus que lhe acompanhe sempre.

 

Moises Santiago