JOSÉ MARIA NEVES : quer trocar o Palácio da Várzea pelo Palácio do Plateau

  • 04/08/2017 00:00

Os distraídos dirão : falta muito tempo .

Estamos a quatro anos das eleições presidenciais de 2021 .
E nessa longa corrida, temos já um candidato certo : o ex-Primeiro-ministro, José Maria Neves .

Após ter sido o putativo candidato presidencial em 2011, sempre gerindo declarações contraditórias, acabou por não sê-lo de facto, por uma exclusiva razão : não queria enfrentar o Jorge Carlos Fonseca, deixando o seu partido de cuecas, ou seja, sem candidato .

Em 2021, sem Jorge Carlos Fonseca pelo caminho, mesmo sabendo que terá de enfrentar um candidato apoiado pelo MPD, é minha convicção que ele será o candidato presidencial, apoiado pelo Paicv .

Baseio a minha simples convicção nos sinais políticos que ele próprio vem dando, e de forma cada vez mais clara, para os bons entendidos da politica .
O sinal mais forte dado por ele é a criação da Fundação, com o seu nome, e as permanentes tomadas de posição pública sobre questões essenciais da vida politica .

Seria uma burrice entender-se o contrário . JMN não é nenhum ingénuo, ele sabe que tem de marcar presença na politica e gerir a sua imagem . 
Primeiro, porque ele sabe que deve afastar qualquer outra tentação para o aparecimento de um outro candidato da área do Paicv . Segundo, porque ele sabe que não pode ficar muito tempo ausente dos holofotes, correndo o risco de ser esquecido e beliscar a sua notoriedade .

Desta vez, penso que ele não vai ser putativo candidato . Ele será candidato .
E mais, levianos são aqueles que pensam que ele vai ser um candidato qualquer . Sou absolutamente contra essa ignorância politica . Ele vai ser um candidato de muito peso e a sua candidatura vai ajudar o Paicv a recompor-se e muito .

Neste jogo, deve considerar-se dois cenários :

a) A substituição da JANIRA, por uma outra liderança mais forte e credível ; 
ou,
b) A manutenção da JANIRA, mas com um pacto, preto no branco .

O primeiro cenário é o mais provável .

E do lado do MPD ? Não sei o que é que vai acontecer ? 
Apenas sei que as eleições presidenciais de 2021 vão ser disputadas num contexto completamente diferente e, desta vez, não vão ser favas contadas .


Qualquer erro ou ingenuidade que se cometa nessas eleições, vai ser uma turbulência politica, que pode marcar uma reviravolta politica de consequências imprevisíveis .
Ainda por cima agora que o cargo do Presidente da República ganhou uma visibilidade nunca visto anteriormente .


Maika Lobo