LONGE DA VISTA PERTO DO CORAÇÃO! - Valdir Alves

  • 25/08/2018 09:55

 

É com esta célebre frase do primeiro capitão do Benfica, 1904-1906, o cabo-verdiano Fortunato Levy que comunico aos meus ouvintes e telespectadores da Brocktonfm e Cabo Vídeo ( meus amigos), que neste momento encontro me num hospital em Boston.

Dispenso o chavão de “ figura popular” para humildemente como um amigo e irmão expressar já a necessidade do ar que respiro: comunicação e meu modesto meio ambiente, que compartilho com todos.

Partícularmente à família do “ Café da Manhá” expresso este sentimento de um peixe fora da água.

Mas exigências e cuidados de saúde recomendam-me total repouso e rigorosa observação de especialistas para o dia D que aguardo com muita apreensão e esperança de uma recuperação total ao problema de saúde que me tem afectado ultimamente e que, aparentemente, não se nota.

Peço que orem por mim e que continuemos com estes contactos virtuais porque onde me encontro terei muitas limitações de visitas.

Ao invés deste alvorecer em plena capital de Massachussets, onde sou bem tratado, preferia apreciar a canção “ E tão linda a minha aldeia” do Roberto Leal e o convívio dos meus amigos cabo-verdianos, portugueses, angolanos, brasileiros, guineense lusófonos e de todo mundo ao embalo da morna “ Vagabundo de noite” do amigo Zézé Barbosa ou o meu hino “ Mundo cá crê “ de Dany Mariano na voz do irmão Jorge Sousa ou ainda o hino do CM “ Súplica “ com Rui Di Bitina Teixeira.

Finalmente, para o Derby de hoje, como benfiquista confesso, que ganhe o Benfica, com todo o fair play, que vença o melhor. 
Um até breve!