Preços justos para ligações marítimas e aéreas com solução para breve , diz Miguel Monteiro

  • 16/07/2019 04:01

O secretário-geral do MpD, Miguel Monteiro, afirmou hoje que os cabo-verdianos vão ter em breve uma solução que dita preços justos para ligações marítimas e aéreas para deslocação entre as ilhas.

O secretário-geral do MpD fez esta afirmação em conferência de imprensa, em resposta às s declarações da líder do PAICV sobre a meandros do empréstimo da Cabo Verde Airlines e aos questionamentos dos jornalistas sobre os preços “absurdos” da ligação área a nível nacional.

“O Governo, liderado por Ulisses Correia e Silva, escolheu, através de concurso internacional, um parceiro para ter ligações marítimas regulares, eficientes, seguras e a preço justo, a partir do próximo mês de Agosto”, disse.

Entretanto, por querer se esquivar à pergunta da jornalista sobre se considerava justo o preço que se paga um cabo-verdiano para viajar entre ilhas, a resposta veio assim: “Consideramos. E quero aqui dar uma informação, pois, às vezes alguns analistas dizem que nas Canárias via-se entre ilhas por 20 euros, mas esqueçam que ali o governo recebe fundos da União Europeia para subsidiar essas deslocações”, esclareceu.

Após essa reflexão, avançou que o MpD considera que é possível ter preços “melhores” e adiantou tratar-se de uma preocupação que o executivo está a trabalhar para, brevemente, trazer novidades.

“A breve trecho, haverá novidade a nível dos preços seja marítimo seja aéreo”, informou, sublinhando que o Governo está a trabalhar, num quadro legal, para a criação de condições que permitam preços mais benéficos para os cabo-verdianos.

E se isso vir a acontecer, destacou, talvez o turismo interno seja mais acessível aos nacionais e as viagens das pessoas de São Nicolau via Praia para São Vicente não terá de ser de 40 mil escudos.