São Vicente: Conselho Geral da ANMCV expressa solidariedade à ilha Brava pelas “vicissitudes e agruras”

  • 13/05/2018 14:47

O Conselho Geral da ANMCV e o poder local cabo-verdiano manifestaram hoje, no Mindelo, a solidariedade aos autarcas da ilha Brava e a toda a comunidade daquela ilha pelas “vicissitudes e agruras” por que tem passado.

Orlando Delgado, presidente daquele órgão da Associação Nacional dos Municípios de Cabo Verde (ANMCV), que discursava na abertura oficial da IV reunião do Conselho Geral, no Salão Nobre dos Paços do Concelho de São Vicente, perante autarcas de todo o país, concretizou que a solidariedade manifestada relaciona-se com a “deficiente interligação marítima”, que “compromete” a ligação da ilha Brava ao país e ao mundo.

Esta tomada de posição, segundo a mesma fonte, “justifica-se porque na manifestação da solidariedade inter-municipal, no quadro do Conselho Geral da ANMCV com descentralização dos encontros”, assinalou, a realização desta IV reunião esteve prevista para a ilha Brava, mas “adiada sucessivamente” por força das “insuperáveis dificuldades” em matéria de transporte.

“Assim, para a Nação una, coesa e solidária, é importante que as diligências institucionais em curso sejam aceleradas, tendo por base soluções definitivas, permanentes e sustentáveis para a ligação à ilha Brava e às outras ilhas de Cabo Verde”, precisou Orlando Delgado, igualmente presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande.

Durante o dia de hoje, os presidentes das câmaras municipais e assembleias municipais de Cabo Verde estão a debruçar-se sobre o estado actual da ANMCV e a realidade autárquica do arquipélago, discutir e aprovar instrumentos considerados “importantes e estratégicos” para a ANMCV.

O encerramento da reunião, da qual deve sair a Declaração do Mindelo, está previsto para o início da noite de hoje.

AA/CP

Inforpress/Fim