Serena Williams multada em 14 mil euros por chamar “ladrão” a árbitro português

  • 10/09/2018 02:18

A tenista norte-americana Serena Williams foi multada em 17 mil dólares (mais de 14 mil euros), depois de ter recebido três advertências do árbitro português Carlos Ramos na final do US Open, frente à japonesa Naomi Osaka, que saiu vencedora da partida.

A informação foi divulgada este domingo pela organização do torneio norte-americano, quarto e último Grand Slam de 2018, no relatório de sanções aplicadas às tenistas que infringiram as regras, o que, no caso de Williams, passou por chamar “ladrão” a Carlos Ramos.

A norte-americana recebeu três advertências do árbitro português: por “coaching” (receber instruções do treinador), por ter partido uma raqueta, que deu origem a um ponto de penalidade, e abuso de linguagem, do qual resultou num jogo de penalidade.

Osaka venceu o encontro em dois “sets”, pelos parciais de 6-2 e 6-4, conquistando, aos 20 anos, o primeiro título do Grand Slam frente a veterana Williams, de 36 anos, que se tinha imposto em Nova Iorque (1999, 2002, 2008, 2012, 2013 e 2014).