Brava: Câmara Municipal quer ver Fajã d´Água transformada numa aldeia turística

O presidente da Câmara Municipal da Brava, Francisco Tavares, garantiu hoje que já estão a ser dados os primeiros passos para a implementação do projecto governamental que visa a transformação de Fajã d´Água numa aldeia turística.

Jun 9, 2023 - 03:37
 0  181
Brava: Câmara Municipal quer ver Fajã d´Água transformada numa aldeia turística

 O presidente da Câmara Municipal da Brava, Francisco Tavares, garantiu hoje que já estão a ser dados os primeiros passos para a implementação do projecto governamental que visa a transformação de Fajã d´Água numa aldeia turística.

Em declarações à Inforpress, Francisco Tavares informou que se encontram na ilha três técnicos a fazerem o levantamento das informações para a elaboração dos respectivos projectos que depois vão ser trabalhados e implementados para a “transformação” desta localidade.

Segundo a mesma fonte, o projecto Aldeias Turísticas pretende investir na Brava cerca de 40 mil contos, que serão utilizados para a transformação da comunidade de Fajã d´Água, a aldeia escolhida para ser beneficiária do projecto.

Com este valor, evidenciou que serão feitas melhorias de infra-estruturas, criação de melhores condições da aldeia enquanto destino turístico, o que implica, também, intervenções na residência das pessoas, como a construção de casas de banho e quartos para receber turistas.

Igualmente, serão feitas melhorias nos caminhos vicinais que dão acesso à Fajã d´Água, formações a todos os operadores económicos na localidade, tanto na área da hotelaria como na restauração e bares.

Neste mesmo projecto, pretende-se fazer a requalificação da marginal de Fajã d´Água, da praça em homenagem aos malogrados da viagem para os Estados Unidos, no Matilde, entre outras intervenções.

Entretanto, o edil avançou que a “ambição” da equipa camarária é investir mais valores, para assim conseguir realizar outras obras, que englobaria algumas melhorias na área envolvente das piscinas naturais, nomeadamente com a construção de balnearios, um pequeno lugar para a aquisição de água, refrigerante, entre outros, mas deixou claro que não pretendem  intervir naquilo que é a beleza natural do local.

Além das intervenções na área das piscinas naturais, Francisco Tavares anunciou ainda a ideia de ter uma grande piscina artificial nesta localidade, com restaurantes, sublinhando que o polivalente da zona que quase não está a ser utilizado seria um espaço “ideal” para essa obra.

Este projecto “vai transformar Fajã d´Água num lugar mais atractivo e ajudar a fixar mais pessoas para desenvolver pequenos comércios, ter mais clientes nas unidades hoteleiras, bem como o desenvolvimento da pesca local”, indicou o edil, reforçando que passar-se-á a ter uma zona com uma dinâmica económica voltado para um turismo maior, benéfico para a ilha e a própria população que vai ter maiores fontes de rendimento.

Qual é a sua reação?

like

dislike

love

funny

angry

sad

wow