O ‘braço de ferro’ entre a Escola Básica Nossa Senhora do Monte (EBNSM) e os país e encarregados da educação, que proibiram os filhos de irem à escola, chegou ao fim depois de um encontro entre as partes.