Brava: Padre Pio Gottin foi um homem “multifacetado” e que buscava força na serenidade e na “grande fé” – frei Matias

Frei Matias Silva considerou hoje que o padre Pio Gottin foi um homem “multifacetado” que encontrava força na sua serenidade e na “grande fé”, mas que também foi sobretudo um homem de “esperança e providência”.

Mar 14, 2023 - 01:26
 0  13
Brava: Padre Pio Gottin foi um homem “multifacetado” e que buscava força na serenidade e na “grande fé” – frei Matias

Frei Matias Silva considerou hoje que o padre Pio Gottin foi um homem “multifacetado” que encontrava força na sua serenidade e na “grande fé”, mas que também foi sobretudo um homem de “esperança e providência”.

O sacerdote falava à Inforpress no final da missa de abertura solene das actividades de comemoração do centenário do padre Pio Gottin, que vai decorrer até 11 de Março de 2024, dia em que completava cem anos de nascimento.

Segundo a mesma fonte, esta comemoração possui o sentido próprio para recordar, homenagear e agradecer a Deus o dom que foi o padre Pio para a igreja em Cabo Verde, relembrando que “foi um homem de acção, mas sobretudo de oração e contemplação”.

Padre Pio, conforme recordou o frei Matias, veio para Cabo Verde num ano de “situação difícil” para o País e para o mundo, pois em 1945 foi o fim da guerra mundial, época em que ainda ele era estudante de Filosofia e Teologia, terminou o período e veio para Cabo Verde em 1949.

Entretanto, salientou que em 1947 veio a primeira remessa de missionários e o padre Pio só veio em 1949, incorporando a segunda remessa de Capuchinhos para Cabo Verde, numa época de dificuldades, e instalou-se em São Lourenço, na ilha do Fogo, uma paróquia que já se encontrava havia 23 anos sem pároco.

Nessa época, recordou haver carência de tudo, desde escola, roupa, comida e medicamentos, mas que o padre Pio envolveu sobretudo na questão da educação e em quase todas as áreas.

Frisou a questão da erupção vulcânica na ilha do Fogo em 1951 em que padre Pio “foi um dos primeiros que chegou ao local” para socorrer a população e prestar apoios mediante os recursos disponíveis.

Na Brava, contou que este sacerdote chegou em 1955, e, em 1959, mais uma vez enfrentou uma grande crise, mas, segundo frei Matias, padre Pio “arregaçou as mangas” e juntamente dos “jovens, entusiastas e generosos” começou a fazer “a grande obra” que hoje é o Instituto da Congregação das Irmãs Franciscanas da Imaculada Conceição de Cabo Verde.

Igualmente, destacou a Escola Materna, edifício construído por padre Pio e que albergou todas as crianças da ilha com dificuldades, iniciando-se com 30 e ao longo dos tempos ficou a acolher mais de 300 crianças bravenses.

“Padre Pio foi um homem que se empenhou e se envolveu em todas as áreas, desde as questões sociais, a instrução, cultura, saúde”, indicou, sublinhando que foi ele quem criou a primeira pediatria na Brava para acolher as crianças com problemas de saúde, numa altura em que havia “muitas doenças da pele e disenteria”.

Depois de 30 anos de serviço em Cabo Verde, numa altura em que estava a ser pedido missionários para os Estados Unidos para trabalhar com a comunidade emigrada, frei Matias avançou que padre Pio se ofereceu e continuou com toda a sua missão que tinha feito em Cabo Verde, apesar da idade e desgaste físico.

No seio da Congregação de Ordem dos Capuchinhos, destacou que padre Pio foi por várias vezes superior da Ordem, tendo uma época em que esteve a frente desta Congregação por 13 anos seguidos, em “anos de grande dificuldade, mas que sempre que foi a Itália mobilizou mais missionários”.

A ideia é marcar este centenário em todos os locais onde as Irmãs Franciscanas se encontram presentes, embora na Brava, onde foi feita a abertura e na Praia, onde se encontra a sede, haverá uma “maior envolvência e celebração”.

Padre Pio Olívio Gottin nasceu em 11 de Março de 1924 em Pozzoleone (Vicenza), na Paróquia de Madona di Campagna, Turim (Itália).

Fez votos perpétuos em 19 de Março de 1945, tendo sido ordenado sacerdote em 01 de Fevereiro de 1948.

O padre chegou à Cabo Verde em 31 de Março de 1949, e foi colocado na paróquia de São Lourenço, Fogo de 1949 a 1955, na ilha Brava de 1955 a 1979, foi para os Estados Unidos no dia 24 de Março de 1979, onde trabalhou até 1999 e veio a falecer nos Estados Unidos no dia 07 de Novembro de 1999.

Qual é a sua reação?

like

dislike

love

funny

angry

sad

wow