Cabo Verde Fast Ferry responde às preocupações sobre a ligação com a Brava

  • 04/07/2017 00:00

 

 

Cidade de Nova Sintra, 04 Julho (Bravanews) - Jandir Monteiro, colaborador da Cabo Verde Fast Ferry, face a preocupações trazidas neste espaço e em outros orgaos de comunicacao social, posiciona-se em nome pessoal, como disse, mas com dados e estatísticas da empresa, para mostrar de que se torna-se administrativamente impossível fazer mais e melhor.

 

 

As queixas e reclamações nao sao contra a empresa em si, mas ligadas ao péssimo serviço de ligação marítima, onde casos há, onde a ilha fica 2 até 4 dias sem ligação marítima.

 

Face ao facto de ninguém conseguir sair da ilha Brava após as 08:00 de Quinta Feira e 08:00 de Segunda Feira, jandir responde de que “primeiramente as quintas costumam ser OFF, ou seja, o navio na sua escala normal não sai da BRAVA, mas quando há ligação para SNICOLAU-SVICENTE a viagem que seria na sexta-feira passa automaticamente para quinta-feira (os passageiros que pretendiam sair da BRAVA na sexta podem programar para saírem na quinta). Os passageiros que pretendiam chegar a BRAVA oriundos da PRAIA na sexta-feira podem fazê-lo no Sábado logo pela manhã. É retirado a viagem de sexta-feira mas têm de ter em conta que é automaticamente adicionado uma viagem na quinta que não costuma haver, e outra no sábado que, conforme dados, tem tido maior aderência que nas sextas por ser no fim-de-semana(A ocupação PRAIA-FOGO-BRAVA aos sábados tem tido maior procura que nas sextas).”

 

Vezes sem conta já foi sugerido que se haja viagens directas da Brava para Santiago ou Santiago/Brava e depois Fogo, mas segundo Monteiro, 95% dos passageiros que saem da Praia tem como destino a ilha do Fogo, por isso não justifica levar o grosso dos passageiros à BRAVA para depois regressar com todo o peso do navio para o FOGO, quando para se ir a BRAVA tem-se de passar pelo FOGO. “Os próprios passageiros são os primeiros a reclamarem porque têm de permanecer mais 1H no navio devido ao desvio. A viagem BRAVA-FOGO, mesmo quando se vai diretamente a BRAVA é ocupada na maioria das vezes por no máximo 5 passageiros, a viagem de regresso FOGO-BRAVA segue também vazia, pelo que a questão de disponibilidade não se coloca”.

 

Outra questão e reclamação tem que ver com as alterações frequentes das viagens, o que coloca sérios problemas aos operadores turísticos, quanto terão que responder as solicitações dos seus clientes, especialmente quando sao estrangeiros.

 

Neste capítulo, Monteiro esclarece de que a disponibilização do programa só é possível mediante autorização das entidades marítimas, neste caso a AMP, que por questões de vistoria e certificação, e mediante novas leis em vigor, as licenças têm sido emitidas para períodos não superiores a 2 meses, portanto tem sido impossível a divulgação de programas mais extensos. Mas visto que a programação não tem sido muito diferente de ano para ano, os operadores turísticos podem muito bem responder aos dias em que há viagens com base na escala padrão. OS navios que fazem o percurso SVICENTE-SANTAO-SVICENTE  vendem bilhetes com uma semana de antecedência de cada viagem, porque vendem blocos de bilhetes sem sistema, e se os turistas conseguem comprar bilhetes neste curto espaço, certamente o podem fazer com 1 mês de antecedência na CVFF, logo, a escolha por estes percursos se devem a outros fatores.

 

Várias outras questoes sao colocadas, muitas reclamações sao ouvidas, mas para Monteiro se torna difícil satisfazer a todos. Para melhor leitura transcrevemos algumas questões e as respectivas respostas.

 

 

 

Questão: Seria ideal se uma pessoa pudesse ir a Brava num dia e voltar no outro, certamente aumentaria bastante a demanda para a ilha e gerar muito mais receitas em termos de alojamento, restauração e entretenimento.

 

Resposta: Com a escala que a CVFF prática, com viagens segundas, terças, quartas, quintas(épocas altas), sextas e sábados, ficando apenas Domingo OFF, não vejo a razão de uma pessoas não conseguir ir a BRAVA num dia e regressar noutro. A pessoa pode ir a noite numa segunda, quarta ou sexta passar um dia na ilha e regressar noutro as 8:00H da manhã, ou ainda pode ir numa terça as 10:00H e regressar quarta as 08:00H. Já tive o prazer de ir por diversas vezes a ilha BRAVA, mas a questão de aumento de receitas de restauração devia ser vista por outros motivos (Diversidade de ofertas, horários de funcionamento dos restaurantes etc.). Uma pessoa que chega a ilha a noite, se não reservar o jantar com antecedência não encontra um lugar disponível para tal, nem uma pizaria, uma churrascaria, Fast-Food, restaurante, principalmente na zona do cais (Furna). Há um grande problema de transportes inter-zonas que precisa ser resolvido, muitas vezes desloquei a pé VILA-FURNA porque não havia um único meio para fazer o percurso e este e outros fatores se fossem resolvidos, sim, aumentaria a demanda para a ilha e aumentava as receitas de alojamento, restauração e entretenimento.   

 

 

Reclamação: Como sabemos que imprevistos acontecem, devia-se repensar a medida de não vender bilhetes no Porto no dia da partida.

 

 

Resposta: Esta não é uma medida da CVFF mas sim das autoridades marítimas que apenas autorizam o embarque a passageiros constantes da lista por eles autorizados e com a devida antecedência. Qualquer passageiro que vá viajar extra a lista só o pode fazer mediante autorização das entidades competentes, e casos excepcionais acontecem e tem sido resolvidas no momento mas não como rotina. As autoridades são claras quanto ao impedimento da venda de bilhetes em cima do cais.  

 

 

 

Questão:  Alteração do horário de saída da BRAVA das 07:00H para as 08:00H

 

Resposta: Sinceramente é difícil atender, compreender e satisfazer a todos. Antes reclamava-se porque sair as 7:00H era penalizador para os passageiros que tinham de levantar muito cedo, principalmente os das zonas mais distantes, faz-se a alteração para as 08:00H e surgem grupos de pessoas nas rádios e redes sociais e sem conhecimento dos horários de saída dos aviões, a questionar a decisão, e ainda correndo informações falsas e denegrindo a imagem da companhia, querendo a reposição do horário para as 07:00H.

 

MS