Correios da Brava com falta de dinheiro para atender no serviço Money Gram

Dezenas de cidadãos bravenses manifestaram-se hoje revoltados com a situação vivida nos Correios, na Brava, e reclamaram da falta de dinheiro para atender ao serviço Money Gram e a falta de informações por parte dos funcionários.

May 5, 2024 - 16:12
 0  108
Correios da Brava com falta de dinheiro para atender no serviço Money Gram
Em declarações à Inforpress, Joaquim Gonçalves residente na freguesia de Nossa Senhora do Monte, salientou que há dias que tem estado a deslocar-se da sua localidade para a cidade de Nova Sintra, com o objectivo de levantar o dinheiro que foi enviado pelos familiares que vivem no estrangeiro, mas até o momento sem sucesso.
“Todos os dias chegamos bem cedo aos Correios, no entanto, ficamos aqui na rua sem o serviço que viemos solicitar e não nos dão qualquer informação se vamos receber o dinheiro ou não. Para sair da minha localidade eu pago viaturas para descolar até a cidade, sendo que hoje disseram que não há dinheiro, amanhã é a mesma coisa e daí por diante, vou ficar só em pagar transporte de deslocação”, reclamou.
“As nossas famílias já enviaram dinheiro, não estamos a pedir favor a ninguém, pois o serviço já foi pago e agora os Correios têm a obrigação de nos devolver o nosso dinheiro”, acrescentou.
Segundo a mesma fonte, a informação que estão a receber é que os Correios da cidade da Praia, ainda não disponibilizou o dinheiro, entretanto, questionou como é que não foi disponibilizada a quantia, se os familiares no estrangeiro já depositaram os montantes e já pagaram pelo serviço.
“Não sei porque é que nas outras ilhas, as pessoas não tem dificuldades em receber dinheiro nos serviços de Money Gram, nos Correios. Este abuso é só na Brava, pois isso deve acabar, todos os dias é a mesma coisa, no final o dinheiro vai ficar só nas despesas de transporte”, reclamou, apelando a quem é de direito, a resolução do problema o mais breve possível.
Por sua vez, Ana Paula Barbosa, que também partilha da mesma opinião, reclamou que a situação não está nada agradável, tendo em conta que muitos deslocam-se à cidade desde bem cedo, ficam o dia inteiro no Correio e ainda sem sucesso no levantamento dos seus dinheiros.
“A desculpa é que não têm dinheiro e depois ficamos aqui sentados até tarde, sem quaisquer informações. Também tem outro problema, quando o valor que irá ser levantado, pelo cliente for acima de 50 mil escudos, eles não efectuam esse pagamento e ficam a dizer sempre para a pessoa voltar no dia seguinte”, sublinhou.
Neste sentido, finalizou considerando ser uma falta de respeito, para com os clientes que pagam pelo serviço e não são atendidos da melhor forma.
A Inforpress tentou ouvir a responsável dos Correios deste município mas a mesma disse que não tem autorização para falar sobre o assunto.

Qual é a sua reação?

like

dislike

love

funny

angry

sad

wow