Futebol/Inter-Ilhas: São Nicolau vence Brava por 2-1 e recupera pontos para continuar no torneio

  • 10/07/2019 03:42

A selecção de São Nicolau venceu a sua congénere da Brava por duas bolas a uma, segunda-feira, no estádio Orlando Rodrigues, num jogo em que recuperou pontos para poder continuar na Taça de Independência.

Na 1ª parte, aos 16 minutos, Boy marcava o primeiro golo, a rematar com pé esquerdo fora de alcance do guarda-redes da selecção da Brava (Jorge), a bola bateu no poste do lado esquerdo, de regresso à costa do guardião foi parar no fundo das malhas.

Aos 39 minutos, Mantini carregou com ele os centrais da equipa da Brava, caiu na grande área, resultando numa grande penalidade, no qual Patchik falhou.

Na etapa complementar, aos 5 minutos, o central Dá (Brava) atrapalhava com a bola, cometeu um erro dentro da pequena área, quase ia fazer um auto-golo e Patchik (São Nicolau) sozinho marcava com o pé direito, o segundo golo da partida.

A equipa da Brava sempre com a bola a rodopiar criava perigos para a selecção Sanicolauense à procura da sorte.

Aos 46 minutos, Lúcio, número 7, da equipa da Brava, foi o primeiro jogador a receber a cartolina vermelha neste torneio inter-ilhas.

Foi aos 48 minutos, do tempo da compensação, Fufuco, conseguia marcar o primeiro golo da selecção da Brava, de cabeça.

Em declarações à imprensa, o treinador da selecção da Brava, Ludjero Oliveira, admitiu que sabia de antemão que era um jogo difícil embora o objectivo era ganhar, mas que por falta de sorte não foi possível obter uma vitória devido a erros cometidos desde o início da competição.

“Temos estado a cometer erros desde o início, quando cometemos erros neste tipo de competição, custa-nos caro” sublinhou.

Para Brava, resta agora um último jogo frente a Santo Antão a acontecer no dia 11 de Julho, às 16:30 no estádio Orlando Rodrigues e o treinador encara esse jogo “com cara levantada para poder dignificar o nome da ilha” disse.

Por sua vez, o treinador Adir Cruz, da selecção de São Nicolau, admitiu igualmente que foi um jogo difícil e reconheceu que ambas equipas estiveram em pé de igualdade e agora resta preparar para o próximo jogo.

“Foi um jogo extremamente difícil, nós vínhamos duma derrota, não era o nosso objectivo. O nosso objectivo era começar com uma vitória. Mas, hoje conseguimos essa vitória importantíssima e agora resta-nos preparar para o próximo jogo” disse.

A selecção de São Nicolau joga hoje amanhã com o Fogo, às 15:00 no estádio Orlando Rodrigues.