Chuvas Praia. Ministro da Administração Interna apela às pessoas a ficarem em casa

  • 12/09/2020 12:31

O ministro da Administração Interna esteve ao fim da manhã deste sábado a visitar alguns dos pontos mais críticos da Cidade da Praia, afetados pelas chuvas.

 

Paulo Rocha falou aos jornalista junto à ponte de Vila Nova e avançou que ainda se está a avaliar os estragos, até porque as chuvas continuam.

“Estamos ainda numa fasse de contabilização dos prejuizos, dos estragos, em concertação com a Câmara Municipal da Praia. Neste momento ainda é prematuro, mas há a registar a perda de uma vida humana, a queda de algumas passadeiras aéreas, viaturas que foram levadas pelas enchentes e várias casas inundadas até agora. Há alguns estragos também no interior de Santiago, como no caso da Ribeira da Barca.”

O ministro da Administração interna aproveitou para apelar as pessoas para não estarem na rua sem terem nada para fazer.


“Nota-se uma grande quantidade de pessoa a deambular pela ruas, a satisfação é grande, naturalmente, mas temos aqui dois riscos: por um lado, o risco de contaminação, as pessoas nem sequer estão a usar máscaras. Por outro lado, há riscos decorrentes da própria situação atmosférica. As pessoas têm de perceber que nestas alturas é conveniente se resguardarem e ficarem em casa, porque há inundações, há queda de pedras, há riscos de eletrocução, poratnto é este o apelo que faço á população”, acrescentou o governante.

 


Benvindo Neves /  Humberto Santos
Editado por Benvindo Neves