Brava: Comandante da esquadra policial apela aos pescadores para acatarem as orientações das autoridades

  • 24/12/2019 18:13

 O comandante da esquadra policial da Brava fez hoje um apelo aos pescadores da ilha e do país para que sejam “mais prudentes” e acatem às orientações do Instituto Marítimo Portuário (IMP) sobre o estado do mar.

Higor Almeida fez este apelo em declarações à Inforpress, no final de uma operação de resgate de uma embarcação de pesca de nome “Frescura de Baía”, que sofreu uma avaria técnica na manhã de hoje, ao largo dos Ilhéus Rombos.

Segundo este dirigente, a embarcação afecta à Polícia Marítima saiu do cais de Furna por volta das 08:45, com três efectivos da corporação policial da ilha, para socorrer a embarcação de pesca da cidade da Praia.

Avançou ainda que a embarcação tinha 16 pescadores a bordo e que saiu na tarde de segunda-feira do cais do Porto Vale dos Cavaleiros, Fogo, para a pesca nas áreas dos ilhéus.

Foi feito o reboco da embarcação e o resgate dos pescadores, operação que conforme o comandante decorreu “ na normalidade”.

Perante os desaparecimentos que a ilha tem tido desde o início de 2019, na semana passada houve mais um caso em que até ainda não se encontrou o corpo e o comandante aproveitou para apelar a uma “maior prudência” por parte dos pescadores.

A mesma fonte diz estar consciente de que a actividade de pesca é o ganha-pão dos pescadores, mas acrescentou que “é sempre bom respeitar e acatar orientações do IMP sobre o estado do mar, no sentido de evitar acidentes que podem trazer mais prejuízos”.

Aproveitou para informar que o plano Natal/fim-de-ano em segurança, da Polícia Nacional (PN), está a decorrer “na normalidade”, tendo efectuado a detenção de um jovem que conduzia sem estar habilitado para o efeito e que já foi apresentado ao tribunal para aplicação das medidas de coação.

MC/AA

Inforpress/Fim