Bravenses reivindicam estrada alcatroada que liga Vila de Nova Sintra – Nossa Senhora do Monte

  • 03/05/2019 12:49

A população bravense e sobretudo os condutores estão reivindicando que a estrada de ligação entre Vila de Nova Sintra e Nossa Senhora do Monte seja alcatroada e não calcetada, no âmbito do projecto de reabilitação da via.

Esta reivindicação foi apresentada publicamente, ontem, 16,  num encontro realizado entre a equipa camarária, os munícipes e um consultor, onde foram debatidas algumas questões, tendo em vista a recolha de subsídios para o projecto desta estrada nacional.

Segundo os munícipes presentes, a asfaltagem transmite melhor segurança e permite um acesso mais rápido às localidades por onde passa este troço de estrada.

Além disso, reivindicaram a possibilidade de se ter uma estrada alternativa para esta ligação, uma vez que na localidade de Cova Joana existe um vulcão e os populares temem que caso aconteça “alguma coisa”, os moradores das outras localidades mais acima possam ficar sem acesso aos serviços de saúde, entre outros, visto que estes se concentram na Vila de Nova Sintra.

A população exige a construção de muros, sinalização e referência, tendo em conta o problema de visibilidade enfrentado nesta estrada nas épocas de muito nevoeiro.

Segundo o autarca, Francisco Tavares, o objectivo principal do encontro foi fazer uma socialização prévia e recolher informações para o estudo do impacto ambiental,  uma das exigências do financiador, o Banco Mundial.

Segundo o edil, esta fase já dá mais alento aos bravenses, de que as obras iniciarão brevemente, perspectivando que o arranque possa ser para o final deste ano.

Considerou este encontro como sendo “ muito importante”, porque, segundo disse,  ficou claro o que a população bravense espera da obra, a sua importância para o  desenvolvimento turístico da ilha e da própria freguesia e até para a melhoria da auto-estima da população por onde a estrada vai passar, tendo em conta que foram apresentadas opiniões “muito claras e fundamentadas”.

Virgílio Lopes, morador da freguesia de Nossa Senhora do Monte, louvou a atitude do encontro, tendo em conta que a estrada encontra-se “degradada e em péssimas condições”, exemplificando quequem transite nela todos os dia já possui a noção das dificuldades encontradas nesta via carroçável.

“É sempre bom ouvir as informações passadas por um engenheiro e recolher subsídios para saber que medidas podem ser tomadas, mas neste momento, o que esperamos é que sejam concluídas as promessas feitas e que os munícipes da freguesia de Nossa Senhora do Monte tenham melhores condições de transição”, salientou Virgílio Lopes.

Neste encontro, foi criado o Comité Local de Gestão de Reclamações para este projecto, constituído por três pessoas da câmara municipal, igual número da Delegação do Ministério da Agricultura e Ambiente na ilha e mais seis pessoas das comunidades por onde passa esta estrada.

Inforpress/fim