Covid-19/Brava: Ministro da Saúde e entidades locais analisam medidas de gestão de possíveis casos de infecção

  • 02/09/2020 06:04

O ministro de saúde, Arlindo do Rosário reuniu-se hoje com algumas entidades na ilha Brava para traçarem medidas de prevenção e de gestão dos casos da covid-19 que possivelmente possam surgir na ilha.

Em declarações à imprensa, o governante avançou que “felizmente” a ilha Brava é a única do País que ainda não possui nenhum caso registado, mas deixou claro que “mais dias ou menos dias irá chegar”.

Daí, explicou que a sua vinda à ilha Brava enquadra-se dentro daquilo que foi a visita na ilha do Fogo, pois, conforme realçou todas as medidas a serem equacionadas devem ser feitas a nível da Região Sanitária Fogo e Brava.

Conforme a mesma fonte, teve “encontros frutíferos” na ilha do Fogo e na Brava, acompanhado do representante da Protecção Civil, reuniram com o presidente da câmara municipal e de seguida com os profissionais e dirigentes da saúde local, onde equacionaram vários aspectos.

Destes aspectos, apontou os recursos humanos, a questão dos testes, espaços de isolamento e todo o fluxo da gestão dos casos que eventualmente vierem a aparecer na ilha.

Dos pontos elencados, o ministro sublinhou que fizeram uma análise aprofundada de cada um, não pensando na ilha em si, mas na Região como um todo, pois conforme reforçou, existe a interligação entre as estruturas de saúde da Brava e do Fogo que pertencem toda a mesma região sanitária.

Sobre a instalação do laboratório na ilha do Fogo, avançou que os equipamentos já se encontram no País e durante a estadia naquela ilha fizeram o levantamento das condições do Centro de Saúde, onde serão feitas algumas reparações na instalação eléctrica e diz acreditar que “brevemente” terão todas as condições reunidas para a instalação dos equipamentos.

O governante chegou hoje à ilha Brava a bordo do navio da Guarda Costeira e além dos encontros possui na sua agenda uma visita a algumas estruturas sanitárias da ilha.