Santo Antão: John D’Brava marca presença no Festival Internacional das Artes da Língua Portuguesa

  • 12/06/2020 21:04

 O artista bravense, residente em Santo Antão, John D’ Brava, confirmou hoje a sua presença na décima segunda edição do Festival Internacional das Artes da Língua Portuguesa (FESTLIP), que acontece de 18 a 23 de Junho.

O evento reúne artistas de Cabo Verde, Angola, Brasil, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste para shows, leituras dramáticas, espectáculos de teatro, exibição de filmes, debates, exposição e mostra gastronómica.

Este ano, devido à pandemia de covid-19, o certame será online, ao vivo, disponível, gratuitamente, nos canais digitais (facebook.com/festlip e youtube.com/festlip).

John D’ Brava, o único cabo-verdiano a participar neste festival internacional, tem actuação agendada para o dia 19 de Junho e promete um repertório “rico”, que privilegiará a música tradicional cabo-verdiana.

John D’Brava, natural da ilha Brava, reside em Santo Antão já há alguns anos, é músico multi-instrumentista e um dos integrantes dos grupos musicais santantonenses Cordas do Sol e Santo Antão Sete Sóis Band.

Com o apoio oficial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e do Instituto Camões, o FESTLIP oferece uma variedade de actividades durante seis dias consecutivos a partir da sua experiência no universo artístico lusófono há mais de 10 anos e, mais recentemente, nas suas plataformas digitais.

Fazem parte da programação, além do músico John D’Brava (Cabo Verde), ainda os cantores, compositores e instrumentistas Paulo Matomina e Abel Dueré (Angola), a cantora brasileira radicada em Portugal Luanda Cozetti e seu grupo Couple Coffee, o DJ Mam (Brasil),  a cantora Iragrett Tavares, (Guiné-Bissau), o cantor, compositor e baterista Otis Selimane (Moçambique), o cantor, compositor e multi-instrumentista Yami (Portugal) e o cantor, compositor e guitarrista Tonecas Prazeres (São Tomé e Príncipe).

JM/ZS

Inforpress/Fim