Brava: Sintap anuncia nomeação de um representante na Brava para o mês de Maio

A dirigente do Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Pública (Sintap), Maria Nova Montrond, anunciou hoje que o sindicato terá um representante na ilha Brava no mês de Maio.

Apr 23, 2024 - 04:25
 0  72
Brava: Sintap anuncia nomeação de um representante na Brava para o mês de Maio

A mesma fonte indicou que uma reunião efectuada com trabalhadores da Câmara Municipal da Brava resultou em 30 associados do Sintap.

Neste sentido, continuou, já se encontra programada uma missão à ilha para nomear um representante do Sintap, tendo em conta que foi também realizado um encontro com os funcionários da empresa Agua Brava e que culminou num “bom número de sócios”.

Maria Nova Montrond informou ainda que no ano passado foi realizada a sexta conferência, na ilha de São Vicente, em que ela foi eleita dirigente sindical e também salientou que o Sintap se tornou um sindicato a nível nacional para trabalhadores da Administração Pública.

“A minha missão na ilha Brava também é neste âmbito, ou seja, é alargar a nossa intervenção em todas as ilhas de Cabo Verde. Queremos apresentar e atender as necessidades de todos os trabalhadores públicos e privados, defendendo sempre os seus direitos laborais”, sublinhou.

Esta responsável avançou que depois de um encontro com 39 funcionários da autarquia, foram constatadas várias necessidades para com estes trabalhadores.

“Pessoas que não estão com os seus direitos adquiridos neste momento e nós estamos a trabalhar neste sentido, também reparamos que não conhecem a lista de transição Plano de Carreiras, Funções e Remunerações (PCFR), que foi uma ferramenta que o Governo aprovou no mês de Março de 2023, através da nova lei de emprego de publico”, precisou a sindicalista.

Nesta situação, frisou que a autarquia como um serviço descentralizado do Estado e Administração Pública já deveriam ter conhecido a sua lista de transição, no entanto, afirmou, de acordo com a informação dos funcionários, até ao momento não tiveram conhecimento e ainda nem possuem todos os seus direitos.

 “Em 2024, através do Orçamento do Estado, o salário mínimo é de 16.000$00 e na Câmara da Municipal da Brava existem pessoas que estão a receber menos, por isso, penso que a lei tem que ser posta em vigor”, finalizou Maria Nova Montrond.

Qual é a sua reação?

like

dislike

love

funny

angry

sad

wow