Brava: Cruz Vermelha une a outras organizações para mobilizar mais pessoas para apoiar Moçambique

  • 01/05/2019 06:04

A Cruz Vermelha na ilha Brava já recebeu várias doações para enviar a Moçambique, no sentido de apoiar as vítimas do ciclone Idai, seguido da tempestade tropical que fustigou ultimamente o país.

A informação foi avançada à Inforpress pela presidente do Conselho Local da Cruz Vermelha, Edith Silva, salientando que até sábado, 4 de Maio, ainda estarão fazendo a recolha e recepção de roupas, sapatos e outros bens, desde que estejam em bom estado.

Segundo a mesma, o sucesso desta acção é graças a união e apoio de outras instituições, como o caso da igreja católica, alguns grupos pertencentes a mesma e associações locais.

Também, com o mesmo objectivo, a Organização das Mulheres de Cabo Verde (OMCV) organizou e realizou na praça Eugénio Tavares uma quermesse, onde as pessoas levaram alguma coisa para vender, fizeram jogos com crianças, arrecadando no final 15 mil escudos, sendo dez mil dos fundos da quermesse e cinco mil foram oferecidos por uma pessoa.

Segundo Edith Silva, o objectivo é continuar com a campanha e arrecadar o máximo possível, quer de bens ou recursos monetários para apoiar estas pessoas, “que devidas as tempestades, ficaram desamparadas e com necessidade de várias coisas”.

MC/JMV

Inforpress/fim