Emigrante financia remodelação da primeira Igreja do Nazareno em África, situada na Brava

O emigrante João Medina Pina, radicado nos Estados Unidos da América, financiou a remodelação da primeira Igreja do Nazareno em África, que fica situada na Brava, na cidade de Nova Sintra.

Jan 26, 2024 - 09:24
 0  113
Emigrante financia remodelação da primeira Igreja do Nazareno em África, situada na Brava
Em declarações à Inforpress, João Medina Pina salientou que a motivação que o fez apostar nessa remodelação é que ele foi a terceira geração da sua família a frequentar esta igreja e em 1975 emigrou para estrangeiro, no entanto, esteve 47 anos sem voltar para a sua terra natal.
“Depois que eu voltei à ilha, esta igreja é um dos primeiros lugares que visitei e sai dali com lágrimas nos olhos por causa do seu estado de degradação. No entanto, regressei aos Estados Unidos da América mentalizando a ideia de voltar e reconstruir esta casa de Deus, e é o que está acontecendo neste momento”, contou.
De acordo com a mesma fonte, estão a fazer a pintura da igreja, construindo uma casa de banho, colocando novas janelas e porta, entre outras remodelações.
“Para concretizar este projecto cerca de 75 a 80 por cento (%) do financiamento saiu da minha reforma, mas também tive ajuda de uma meia dúzia de amigos e me orgulho muito de ver esta igreja reconstruída”, disse.
Por seu turno, o pastor da Igreja de Nazareno, na Brava, João Monteiro considerou que esta remodelação é um grande passo no dia de hoje, isso porque, muitas coisas do passado estão a tornar “poeira”, e esta obra, enfatizou que é levantar aquilo que considera ser uma “historia grande”, em Cabo Verde, na África e muito além”.
“Quando falamos da Igreja do Nazareno estamos a falar do mundo todo, e esta igreja aqui é o centro que acentuou o evangelho que chegou na ilha Brava através do João José Dias em 1901 e logo depois a Igreja do Nazareno foi oficializada nos EUA”, esclareceu.
O pastor, enalteceu o gesto “nobre” do emigrante João Medina, considerando que Deus está ligado a este trabalho.
“Durante este tempo que estamos aqui a trabalhar esta obra, muitas histórias vieram à tona, pessoas começaram a relatar o que passaram ou o que viveram nesta igreja que já serviu este concelho na estrutura educativa e em vários aspectos”, finalizou.
Em 1901, João José Dias, um cabo-verdiano que emigrou para os Estados Unidos da América, regressou à sua terra natal, a ilha Brava, em Cabo Verde, para partilhar a mensagem da salvação. Graças ao seu ministério iniciado, hoje, são 120 anos de influência benéfica da Igreja do Nazareno para a nação cabo-verdiana e actualmente existe uma rua com o seu nome na capital do concelho, Cidade Nova Sintra.

Qual é a sua reação?

like

dislike

love

funny

angry

sad

wow