Temos aqui uma infraestrutura de qualidade que vai desencravar as operações logísticas da ilha do Fogo, facilitar uma maior segurança para os passageiros e aos operadores económicos” – Abraão Vicente

  • 21/12/2022 20:31

“Um mar de oportunidades para todos”. Este é o lema do Ministério do Mar, a visão e os trabalhos que vêm sendo desenvolvidos ao longo destes últimos anos tem mostrado esta nova estratégia. Criar oportunidades para todos em locais onde, também, existem garantias de rendimento e sustentabilidade.

É assim que se vê, também, o primeiro e mais novo armazém e centro de pequenas encomendas inaugurado na manhã desta segunda-feira, 19 de dezembro, na ilha do Fogo, num evento presidido pelo Ministro do Mar, Abraão Vicente.

Um investimento de 50 mil contos e mais de mil metros quadrados feito pela Enapor – Portos de Cabo Verde, que passa a ter um significado e relevante importância para a ilha do Vulcão.

“Temos aqui uma infraestrutura de qualidade que vai desencravar as operações logísticas da ilha do Fogo, facilitar uma maior segurança para os passageiros e aos operadores económicos no Porto de Vale dos Cavaleiros”, assegurou Abraão Vicente.

Construída de raiz, esta infraestrutura vai trazer melhor desenvolvimento à ilha e vai melhor a logística de entrega de encomendas.

A linha Fogo/Santiago mostra-se as mais rentáveis neste momento e são os destinos principais das remessas nacionais. “No entanto, Fogo e Santiago Norte são as ilhas cujo indicadores económicos, crescimento e coesão social mais apelam à nossa intervenção”.

Por esta razão, o governante acredita que o país deve olhar com maior acuidade os dados para validação para o desenvolvimento territorial. “O plano diretor da Enapor está a ser revisto exatamente para planificar os novos investimentos a nível portuário”, avançou.

Vale de Cavaleiros posiciona-se para ser o 4º porto a nível nacional e complementar à cidade da Praia e enquanto infraestrutura crucial para desencravamento da região Fogo/Brava e desenvolvimento de Santiago Norte.