Brava: Mulheres do Círculo de Cultura reuniram-se para comemorar antecipadamente o Dia da Mãe

Os dois grupos de mulheres pertencentes ao Círculo de Cultura na ilha Brava reuniram-se hoje na localidade de Braga, promovendo um leque de actividades para comemorar antecipadamente o Dia da Mãe.

Apr 28, 2023 - 13:30
 0  21
Brava: Mulheres do Círculo de Cultura reuniram-se para comemorar antecipadamente o Dia da Mãe

Os dois grupos de mulheres pertencentes ao Círculo de Cultura na ilha Brava reuniram-se hoje na localidade de Braga, promovendo um leque de actividades para comemorar antecipadamente o Dia da Mãe.

Esta informação foi avançada à Inforpress pela coordenadora da Educação Básica dos Jovens e Adultos, Paulina Delgado, explicando que esta actividade reuniu cerca de 24 mulheres que frequentam este Círculo, que tem por objectivo empoderar essas mulheres da localidade de Mato e Braga, as duas comunidades que participam do Círculo.

Segundo a mesma fonte, esta actividade enquadra-se no plano de actividades e foi realizada de forma antecipada porque na próxima semana, as mulheres da comunidade de Braga vão estar envolvidas nas actividades da Santa Cruz, dificultando assim a participação dessas mulheres nas comemorações do Dia da Mãe, assinalado no primeiro domingo do mês de Maio.

Para a coordenadora estas actividades são de uma “extrema importância”, visto que todas discutem as problemáticas sociais e a celebração de algumas datas comemorativas de forma a tirar as mulheres da rotina diária, mas também mantê-las sempre informadas e actualizadas.

Além de actividades recreativas e lúdicas, a coordenadora da Equipa Multidisciplinar de Apoio à Educação Inclusiva (EMAEI), Edoneia Teixeira, dirigiu uma conversa aberta sobre “O papel da Mãe na Sociedade”, onde se debruçou sobre o papel e a função da mãe, a sua importância na educação dos filhos, com o intuito de “realçar o verdadeiro significado de ser mãe”.

Da parte das mulheres, Domingas da Veiga, do Círculo de Braga, demonstrou a sua satisfação em se reunir com as mulheres de Mato, um momento que serviu não só para confraternização, mas também para partilha de informações, troca de ideias e para alguns esclarecimentos.

Sobre o tema apresentado, considerou que foi “muito importante” tendo em conta as diversas situações que a mulher enfrenta na sociedade, principalmente na educação e criação dos filhos.

Por seu turno, Guilhermina Borges, do Círculo de Mato, enalteceu e agradeceu a organização, sublinhando que a actividade serviu para unir mulheres das duas comunidades distantes, onde falaram dos papéis que estas possuem na sociedade, na família e o “peso” que carregam às costas.

Para finalizar, esta mulher que já tem vários anos a participar no Círculo de Cultura deixou um apelo às outras mulheres, pedindo que criem ou se reúnam de forma a ter um Círculo nas outras zonas, ou que então participem nos que já se encontram formados.

Relembrou que as mulheres “não podem e nem devem ficar somente em casa, pois têm de ter momentos de convívio e lazer”.

Neste Círculo, participam mulheres de diversas idades e dizem-se sentir “úteis” e com horizontes mais alargados.

Qual é a sua reação?

like

dislike

love

funny

angry

sad

wow