Revere High School, dirigida pelo cabo-verdiano Lourenço, Garcia recebe Medalha de Ouro 29 Setembro 2016

  • 29/09/2019 11:21


A Revere High School de Massachusetts nos Estados Unidos, dirigida pelo cabo-verdiano Lourenço Garcia, volta a receber a distinção de “Escola de Oportunidade” Medalha de Ouro (School of Opportunity" Gold Medal). Esta é a segunda medalha que a instituição recebe em dois anos, depois de ser reconhecida como melhor escola urbana dos EUA com medalha de ouro em 2014.

Revere High School figura entre as oito instituições norte-americanas a receber o reconhecimento como Escola de Oportunidade Medalha de Ouro "School of Opportunity" Gold Medal. Trata-se de uma designação muito cobiçada nos Estados Unidos e que honra excelentes escolas secundárias públicas que se dedicam a práticas que fortalecem os pontos mais fortes dos alunos e a criação de oportunidades de aprendizagem com base no suporte para todos os alunos.

“Estamos muito orgulhosos da nossa equipa e alunos. A cultura de unidade e de apoio, bem como o esforço em construir bons relacionamentos cria um ambiente onde todos os estudantes podem conseguir grandes coisas”, disse director cabo-verdiano Lourenço Garcia.

Para ser escolhida, a escola passou por quatro níveis de selecção por equipas de avaliação compostas por pesquisadores, professores, políticos e administradores. Estes procuravam entre práticas escolares incluídas nessas categorias, criar e manter uma cultura escolar saudável, alargar e enriquecer o currículo escolar, usar uma variedade de avaliações destinadas a responder às necessidades dos alunos e apoiar os professores como profissionais.

A Revere High School serve cerca de 2000 alunos, dos quais 80% recebem almoço grátis ou a preço reduzido. Muitos dos estudantes imigrantes vieram com lacunas na sua formação, o que que levou a escola a estabelecer o Newcomers Academy (Academia para alunos imigrantes recém-chegados).

Uma equipa interdisciplinar apoia os estudantes da Academia e os professores implementam práticas culturalmente e linguisticamente apropriadas que respondem as necessidades académicas dos alunos e o nível de proficiência em Inglês.

Desde o início da implementação da Academia de alunos recém-chegados em 2013, muitos estudantes de Revere fizeram a transição com sucesso para classes regulares, e as taxas de absentismo e abandono escolar diminuíram consideravelmente. A Academia dos recém-chegados é um dos vários programas inovadores que distinguem Revere como Escola de Oportunidade de Ouro.