Brainstorming: Transformar ideias em negóciosde sucesso"

  • 07/08/2018 08:18

Ontem fui orador convidado na primeira escola de verão para jovens adultos, Djarmai Campus na ilha do Maio, sob o tema "Brainstorming: Transformar ideias em negóciosde sucesso" e tive o privilégio de partilhar com os campers algumas dicas de como criar um negócio de sucesso, que também partilho aqui de forma muito resumido e em bullet points:

 

1- Encontrar o porquê

O primeiro ingrediente é ser apaixonado sobre a tua ideia, e saber traduzir essa ideia de porque fazes o que fazes, a uma audiência.
Steve Jobs já dizia: " Pessoas com paixão podem mudar o mundo!"
A maioria das empresas, no final do dia, ajudam a resolver um problema do nosso dia-a-dia.
Tendo como principio de que o dinheiro é um meio para se chegar a um fim, a motivação por detrás da nossa ideia de negócio, deve ser sempre, sobre como melhorar a vida das pessoas.
Muitas vezes essas ideias de negócio, podem estar enraizados nos nossos sonhos de criança ou numa experiência passada, que agora pode ser canalizada como o ponto chave do teu negócio.
Hoje em dia, os consumidores não falam somente a linguagem dos " benefícios e especificações", mas principalmente, a tua marca tem que saber comunicar com eles a um nível humano, onde sentimentos e emoções tomam conta das decisões.
Seja honesto e conta a tua história.

2- Observar. Observar. Aprender

Pesquisar e compreender o mercado.
Ver o que a concorrência está a fazer: no que é que são bons, quais os seus pontos fracos, no que podiam melhorar?
Para além de fazer google sobre a concorrência, compre os seus produtos, utilize os seus serviços...

Devemos saber identificar qual é o nosso mercado e encontrar o nosso nicho.
Quem é o teu consumidor? Jovens? Pessoas com dinheiro? Agricultores? Turistas?
Mas mesmo enfrentando os mesmos problemas, os hábitos e necessidades são específicas.
Um dos maiores erros, é não saber levar as pessoas a compreenderem e a quererem o nosso produto ou serviço.
Podes ter uma boa ideia, produto ou serviço, mas precisas estar em frente às pessoas certas, para vender.

Ter um mentor, que nos ajuda com a sua experiência e expertise no nosso dia-a-dia.
Envolver e trocar experiências com outros empreeendedores.

3- Saiba expressar a sua marca e tenha um plano de negócio em mãos

Isso não significa simplesmente desenhar um logotipo ou criar uma página facebook
As cores, as fontes, o tom da comunicação tem de estar em harmonia. A nossa equipa tem de estar alinhados e a seguir a mesma visão.

- Um plano de negócio é igual um mapa a seguir, ajuda a definir uma estratégia,
- Ajuda-nos a perceber se a nossa ideia é exequível, se temos mercado suficiente, quanto temos que vender para termos resultados positivos, até onde podemos gastar, etc
Um plano de negócio forte ajuda a conseguir financiamento junto dos bancos, investidores,
- encontrar um mentor, para auxiliar
- relacionar-se com outros empreendedores, trocar experiências, aprender com eles

4- Lançar um "Minimal viable product" or service

- Antes de assumirmos qualquer compromisso financeiro (empréstimos bancários) ou produção em massa dos nossos produtos, devemos colocar à disposição de um grupo pequeno de pessoas os nossos serviços mínimos, mas com qualidade e/ou lançar protótipos dos nossos produtos para testes.
- Isso nos permite ter feedbacks do mercado e dos consumidores
- ajudar a identificar e melhorar os pontos fracos.
- ajuda a perceber se realmente as pessoas querem esses serviço ou produto
- ajuda a encontrar o "pivot" do nosso negócio.

5- Ser positivo, sempre!

- ser confiante
- envolver-se de pessoas certas e positivas
- o caminho para construir uma empresa de sucesso é diferente dos outros processos, pois não há garantias para o sucesso.
Tudo o que podes fazer é ir adaptando as tuas ideias
Negócios evoluem.
Se da primeira vez não tiveres sucesso, tenta, tenta até conseguires.

 

Saulo Montrond