Brava: Campanha “Mais prevenção menos improviso” será apresentada no início do ano lectivo 2019/20

  • 04/09/2019 05:20

A campanha “Mais prevenção menos improviso” será apresentada a 20 de Setembro, no acto da abertura solene do ano lectivo 2019/2020, com vista a proteger as crianças e adolescentes, disse hoje o delegado da educação da Brava.

Orlando Burgo deu esta informação à imprensa, após um encontro do Conselho de Coordenação Educativa, que teve como objectivo reunir toda a sociedade bravense no sentido de juntos “analisar e propor” actividades a serem realizadas ao longo do ano lectivo vindouro, a fim de levar adiante a campanha.

Segundo o responsável, o primeiro encontro foi “muito bom”, com apresentação de várias sugestões, mas, reconheceu que para debater um tema como este, a gestão da política para a implementação de protecção do direito da criança e do adolescente o tempo é “manifestamente insuficiente”.

Daí, salientou que já deram os primeiros passos e os participantes reconheceram que devem ser feitos mais encontros, facto que o delegado garantiu que vai ser feito.

“Vamos realizar mais encontros com a sociedade civil no sentido de juntos identificarmos as actividades, as propostas e trabalhar em conjunto para que nas escolas sejam efectivadas as medidas de protecção da criança e do adolescente”, enfatizou o dirigente.

Esta campanha “Mais Prevenção Menos Improviso” foi apresentada pela psicóloga e técnica do Instituto Cabo-verdiano da Criança e Adolescente (ICCA), Edite Brito, que explicou que o objectivo da campanha é fazer com que as crianças “tenham maior protecção na rua, em casa e nas comunidades educativas”.

Realçou que este projecto é do colégio Letrinhas na ilha do Sal onde foi adaptado conforme a realidade da ilha, e na Brava, o objectivo do encontro de hoje, foi para a recolha de propostas para implementação do projecto na realidade bravense.

MC/CP

Inforpress/fim