Brava/Mau Ano Agrícola: Quinze chefes de família beneficiarão de um emprego na localidade de Cachaço

  • 21/05/2019 06:15

Quinze chefes de família da localidade de Cachaço serão beneficiados ainda esta semana com um posto de trabalho, iniciativa enquadrada no plano de mitigação do mau ano agrícola da autarquia local.

Esta informação foi avançada pelo presidente da Câmara Municipal da Brava, Francisco Tavares, que realizou no final de segunda-feira um encontro com os moradores da localidade, que segundo o mesmo é uma forma de “minimizar o sofrimento” das pessoas do povoado, que vivem da criação de gado e da agricultura, quando chove.

Segundo o autarca, os efeitos dos dois últimos maus anos agrícola estão colocando em perigo a subsistência nutricional das famílias e é neste sentido que dentro do plano de atenuação do mau ano agrícola 18/19, solicitado por um grupo de moradores, o edil deslocou-se até a localidade para se inteirar da situação.

Com verbas do Ministério da Agricultura e Ambiente, para este efeito, prosseguiu, a autarquia vai abrir uma frente de trabalho nesta localidade.

Além de oferecer emprego a estas famílias, esta intervenção, segundo a mesma fonte, vai beneficiar os caminhos vicinais de ligação de Cachaço a Aguada e Cachaço a Campo das Fontes, trajectos “muito utilizados”, principalmente pelos turistas.

A população local elogiou a iniciativa, salientando que pretende dar prioridade às famílias que realmente estão enfrentando várias dificuldades, e um posto de trabalho nesta altura faria “uma grande diferença” na vida destas famílias

Ainda, no quadro das medidas de atenuação dos efeitos do mau ano agrícola 2018-2019, recentemente a câmara municipal abriu uma frente de trabalho na localidade de Mato Grande, que beneficia 12 chefes de famílias.