Brava: Santa Bárbara – “Uma aldeia pequena, mas muito pobre” – moradores

  • 21/04/2019 07:05

A localidade de Santa Bárbara fica a alguns metros da cidade de Nova Sintra, mas, para os moradores, é uma aldeia “muito pobre” e que “não possui nenhum apoio ou incentivo” de entidades governamentais, para melhorar sua situação vivida.

João de Deus Graça, conhecido por João de Nha Preta, homem de 98 anos, nasceu, criou e reside nesta aldeia, contou à Inforpress, que antigamente a aldeia era “muito movimentada”, tendo grande fluxo de pessoas, porque, o primeiro correio da ilha foi instalado nesta comunidade.

Ademais, existe uma zona mais abaixo de Santa Bárbara, o Vinagre, onde antigamente, de acordo com o mesmo, tinha muita água, praticava-se a agricultura, criação de animais, tinha fábricas de cal e muitas pessoas passavam por ali.

Entretanto, nos dias de hoje, esta localidade está praticamente “abandonada e à mercê da sorte”.

Segundo um outro morador, Manuel Fernandes, de 67 anos, além da movimentação das pessoas que iam e voltavam da aldeia, o número de habitantes era maior, mas, com o tempo foi diminuindo, ficando somente idosos e crianças.

Questionado sobre o porquê desta diminuição dos moradores, Fernandes salientou que é devido ao “grande nível de pobreza”, falta de oportunidades, apoios e empregos, principalmente para a camada jovem.

Tanto é que, conforme acrescentou, a maioria das famílias que residem nesta comunidade nos dias de hoje, vivem da pensão atribuída pelo Estado, porque, nesta zona o terreno, além da falta de chuva, “não é muito favorável para a prática da agricultura”.

De acordo com estes moradores, um outro problema que enfrentam é a questão do acesso em termos de meios de transporte, porque, a estrada é “muito perigosa” e caso houver alguma emergência quem lhes presta apoio são os policiais, pois, outros condutores ficam com receio de descer a esta localidade.

Daí, o maior sonho dos moradores é que haja uma melhoria na estrada, trabalho para os jovens e que a esta zona seja dada um pouco mais de atenção.

Mas, Fernandes disse que esta é uma esperança que já se perdeu, porque, “nesta zona, fica situada a casa dos familiares do Presidente da República, que está degradando aos poucos, sem nenhuma intervenção do mesmo. “Se nem a sua está tendo um outro tipo de cuidado, imagina os nossos?”, questionou este morador.

Alguns jovens que ainda vivem nesta localidade, demonstraram as suas preocupações com a situação vivida por eles, porque, segundo os mesmos, muitos dos seus colegas já começaram a enveredar pelo caminho dos males sociais, desiludidos e sem esperança de ver dias melhores para a aldeia e para esta camada.

Ultimamente, a Câmara Municipal da Brava abriu algumas frentes de trabalho nesta localidade e na zona de Vinagre, para fazer a limpeza e algumas reparações nas vias de acesso a estas localidades, mas sem previsão de intervenções em outras áreas em Santa Bárbara.

MC/ZS

Inforpress/Fim