Fogo: Ministro da Saúde e Segurança Social inaugura USB de Monte Largo durante visita à região sanitária Fogo/Brava

  • 08/08/2019 04:31

 A unidade sanitária de base (USB) de Monte Largo, zona sul do município de São Filipe, ilha do Fogo, é inaugurada sábado pelo ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário.

A unidade sanitária de base de Monte Largo, segundo o director da Região Sanitária Fogo/Brava, Evandro Monteiro, está equipada e apetrechada e com a sua inauguração vai entrar em funcionamento para servir a comunidade de Monte Largo e as zonas periféricas, já que Monte Largo está numa encruzilhada, devendo por isso servir as comunidades de Salto, Achada Poio, Queimada e outras.

Além de inaugurar a USB de Monte Largo, o titular da pasta da Saúde e Segurança Social, que inicia hoje, quarta-feira, uma visita de cinco dias à ilha do Fogo, tem agendado para sábado, uma deslocação a Chã das Caldeiras com todos os responsáveis sanitários da ilha, nomeadamente dos centros de saúde, delegacias de saúde e hospital para “in loco”  e acompanhado dos responsáveis do  projecto de reconstrução de Chã, inteirar-se do projecto e a localização futura da estrutura de saúde (posto sanitário) previsto no plano de desenvolvimento sanitário da região.

O projecto para a construção da estrutura sanitária já está concluído, mas o director da região sanitária desconhece o valor do investimento, indicando que há fortes possibilidades de ser financiado pelo Governo, através do Ministério da Saúde, contando com outras comparticipações como da associação “Nôs ku Nhôs” com sede em Áustria e que tem mobilizado recursos para apoiar Chã das Caldeiras.

Ainda em Chã das Caldeiras Arlindo do Rosário reúne-se com os responsáveis sanitários da ilha, seguido de visitas às estruturas de saúde dos municípios de Santa Catarina e dos Mosteiros.

Na segunda-feira, 12, último dia da visita, Arlindo do Rosário vai prosseguir com as actividades organizativas e com reuniões com responsáveis e funcionários para se tomar o pulso da saúde de uma forma geral, nomeadamente a situação actual, os constrangimentos, as perspectivas futuras e os investimentos para as estruturas de saúde na ilha, além de visitar as estruturas existentes no município de São Filipe, sejam da delegacia como do hospital.

O director da região sanitária diz acreditar que esta visita será uma mais-valia para região porque o titular da pasta poderá, no terreno, constatar a problemática e todo o funcionamento do sistema de saúde.

JR/ZS

Inforpress/Fim