Educadora de infância acusada de espetar agulhas nas crianças em creche na China

  • 28/11/2017 10:07

Uma mulher de 22 anos foi detida, no sábado, por suspeitas de maus-tratos numa creche em Pequim, onde é educadora de infância.

Os pais contam que as crianças sofreram vários abusos e que terão sido obrigadas a despirem-se como castigo.

Há também a suspeita de a mulher ter picado as crianças com agulhas, pois foram encontradas marcas que podem ser coincidentes com as picadas.

O jardim-de-infância em causa é gerido pela cadeia RYB Education, uma empresa cotada na bolsa de Nova Iorque