Brava: Localidade de Fajã terá loja de materiais agrícolas e de pesca neste mês

  • 11/07/2019 04:01

A zona piscatória de Fajã d’Água, na Brava, terá ainda neste mês de Julho, uma loja que permite os pescadores e agricultores adquirirem os seus materiais, sem ter a necessidade de se deslocarem sete quilómetros para tal.

A informação foi dada à Inforpress pela presidente da associação local, Sónia Helena, que aproveitou para explicar que a colectividade passou por maus momentos, tendo sido necessário reorganizar e pensar novas estratégias e formas de rendimentos.

De acordo com a mesma, a população da zona vive da pesca e da prática da agricultura, mas ao reparar, na localidade não há nenhuma loja que se dedica ao comércio, principalmente dos materiais de pesca ou para o cultivo.

Sendo assim, a associação solicitou junto da câmara municipal um espaço junto a placa desportiva de Fajã d’Água, com o intuito de criar um pequeno negócio, com vista a apoiar a comunidade em materiais destas áreas e já accionou o responsável da Shell na ilha, no sentido de terem na zona combustível e gás butano, como uma forma de ter esses produtos mais próximos das pessoas.

É um projecto, que, segundo a dirigente, vai beneficiar não só os pescadores, mas toda a população local.

Pois, de acordo com a mesma, sempre que não tiverem material para saírem na faina, têm de procurá-lo na Vila de Nova Sintra ou na localidade de Furna, para agricultura é a mesma situação e o gás butano, também é a mesma coisa.

Em termos dos preços dos materiais, Sónia Helena referiu que com a loja, é possível praticar um preço mais acessível, tendo em conta que pretendem encomendar os produtos todos da cidade da Praia e em grandes quantidades, o que por vezes, “pode diminuir o preço”.

Este projecto está sendo levantado com fundos da associação e a ambição é conseguir mais apoios, com a intenção de expandirem o negócio para outras áreas.