Houve falta de consideração por parte da AM - Jorge Reverdes

  • 13/03/2018 13:59

Cidade de Nova Sintra, 13 Mar (Bravanews) - Na ilha Brava porque a sessão obrigatória da Assembleia Municipal  do mês de Fevereiro não foi agendada, a bancada do PAICV na oposição marcou uma reunião para Segunda Feira 12, baseando nos dispositivos legais que regulam a matéria, conforme alegaram.

Os deputados do PAICV compareceram na sua totalidade, mas o líder da bancada, Jorge Reverdes, queixou do facto de não se ter criado as condições para a reunião.

“Houve falta de dignidade por parte da AM que nem se dignaram a arrumar a sala, para que o encontro se efectivasse e falta de comparência da outra bancada que levou a cancelar a reunião por falta de quorum”, disse Jorge Reverdes.

Ainda o não envio dos documentos por parte da Câmara Municipal, documento esse que serviria de base para o encontro, foi outro motivo que provocou o cancelamento do encontro.

Segundo o líder, de acordo com o artigo 64, número 1, dos Estatutos do Município, onde se lê, que não havendo quorum, os elementos presentes podem marcar uma outra reunião, 48 horas após o cancelamento da mesma.

O PAICV ainda não disse se vai convocar uma nova reunião para amanhã 14, e nem o que vai fazer perante esta situação anômala e inédita em Cabo Verde.

 

MS